Iniciou a transposição das árvores dos canteiros centrais da Avenida Getúlio Vargas, de Sombrio, para outros locais que estão sendo definidos, devido ao projeto que torna a avenida em um calçadão.

Conforme os integrantes da ONG Aguapé, as primeiras 18 covas já estão prontas na Travessa Cândida da Rosa Magnus, junto ao terminal rodoviário de Sombrio. Ali será intercalado ipê amarelo e roxo.

Outro ponto demarcado é ao lado do Ginásio Municipal Rogério Valerim, no bairro Parque das Avenidas. A Praça José Tiscoski, no bairro Nova Brasília, também receberá os ipês.

Em conversa na tarde de segunda-feira, o voluntário da Ong, Edimilson Collares, e a diretora de meio ambiente, Greici Bristot, analisavam a possibilidade de transplantar uma figueira branca para o centro da rotatória próximo a mesma praça, também no bairro Nova Brasília. Algumas árvores doentes não serão aproveitadas.

Colaboração: Especial W3 – Jornal Amorim