Uma ocorrência que inicialmente se tratava de infração de trânsito se transformou em homicídio. Por volta das 17h30min de ontem, sexta-feira dia 26, o Pelotão de Patrulhamento Tático (PPT) de Araranguá realizava rondas pelo bairro Barranca, quando se deparou com um veículo Fiat Pálio com placas DTY 1513 de Araranguá, ocupado com quatro adolescentes em atitude suspeita.

O automóvel foi abordado no mesmo bairro e os militares constataram se tratar de quatro jovens de 13, 14, 15 e 17 anos, todos já conhecidos das guarnições. A documentação do veículo estava atrasada e por isso foi apreendido, além de ninguém possuir CNH (Carteira Nacional de Habilitação). Quando questionados da procedência do Pálio, os jovens afirmaram que o proprietário estaria no bairro Polícia Rodoviária e que havia emprestado o mesmo. As providências cabíveis foram tomadas e os adolescentes liberados.

Segundo informações, a Polícia Militar tentou entrar em contato com o proprietário do Fiat Pálio, porém sem êxito. Como uma parente de Cleidison de Araújo de 32 anos é conhecida de um policial militar de Araranguá, foi entrado em contato com ela. Posteriormente o irmão de Cleidison foi localizado e o mesmo comentou que também não havia conseguido falar com ele.

Já por volta das 19 horas, foi entrado em contato no local de trabalho de Cleidison, que fica no bairro Primeira Linha, em Criciúma e informado que o mesmo não apareceu para trabalhar. O irmão do rapaz foi orientado  ir até Criciúma, no apartamento e verificar o que estava acontecendo e, ao chegar no bairro Universitário, onde morava Cleidison acabou acionando a PM daquela cidade para poder entrar no prédio, localizado em frente a SATC (ponto de referência).

O irmão e os militares se depararam com a porta do apartamento trancada e a mesma acabou sendo arrombada. Já no final da noite, por volta das 22h30min, para a triste surpresa, Cleidison foi encontrado morto em um dos cômodos do imóvel. A vítima foi alvejada com aproximadamente 15 facadas, sendo a maioria desferida na região do pescoço e as demais nos braços, tórax e abdômen. Diante dos fatos a Polícia Civil, IGP e IML de Criciúma foram acionados e não se descarta a hipótese de latrocínio.

A Polícia Militar de Araranguá foi comunicada sobre o homicídio e mais uma vez realizou rondas e buscas entre o bairro Barranca e Balneário Arroio do Silva, no intento de abordar os quatro adolescentes pegos horas antes com o veículo da vítima.

Entre a 01h30min e 03h30 da madrugada deste sábado um garoto de 13 anos e outro de 14 foram localizados e levados para a Central de Polícia de Araranguá para prestarem esclarecimentos sobre o veículo e a vítima. Os outros adolescentes de 15 e 17 anos não foram localizados.

Reportagem: Karin Mariana / Contra o Crime