Todo o inicio de ano é comum, seja qual for à categoria, sindicato dos trabalhadores e sindicato patronal sentarem para negociar um novo acordo coletivo. Visando um acordo benéfico para os trabalhadores no comércio, o Sindicato dos Comerciários do Vale do Araranguá – Sitracom, não tem poupado esforços quando o assunto é negociar.

Com a presença do diretor da Federação dos Trabalhadores no Comércio no Estado de Santa Catarina – Fecesc, Ivo castanheira, já foram três encontros com o sindicato patronal, sendo o último no dia 11, que até o momento não resultaram em um acordo. Conforme o presidente do Sitracom, Joelcio Cesar dos Santos, o Saba, a proposta está muito aquém do pedido.

“Eles estão com uma proposta que não contempla ganho real. Não se chegou a nem um porcento, nem para quem ganha o piso, ou quem ganha acima. Por este motivo, o sindicato a recusou,” ressaltou.

Devido já ter passado do tempo necessário para fechar o acordo, o Sindicato aguardará apenas até o dia 22 deste mês, para saber qual vai ser o posicionamento do patronal. “Se passar do dia 22, e não houver acerto, será encaminhado para dissídio,” exasperou Saba.