Parecia cena de noticiário da televisão. Os professores de Araranguá e região invadiram na tarde desta segunda-feira (18) os corredores da 22ª Secretária de Desenvolvimento Regional – SDR, de Araranguá. O motivo, segundo a categoria, é devido ao Secretário de Educação, Eduardo Deschamps ter solicitado aos diretores das Escolas que encaminhe as vagas dos grevistas, para que estas sejam repassadas aos ACTs.

Conforme o professor Gerson Nascimento, integrante do Comando de Greve do Sindicato dos Trabalhadores na Educação - Sinte/SC, a classe foi surpreendida pela determinação do governo. “Viemos aqui para mostrar nosso repúdio quanto a esta determinação,” declarou.

O gerente de Educação, Nilson Costa, o Tainha, relatou a reportagem da Revista W3 que realmente recebeu a determinação do secretário de Educação, mas até o momento os diretores se manifestaram parcialmente sobre o assunto.

“Nós recebemos na última segunda-feira essa orientação do secretário Eduardo Deschamps para que se entrasse em contato com os diretores. Até o momento alguns diretores estão mandando (as vagas), outros não,” comentou.

Tainha também salientou que ainda não foi decidida qual será a postura da gerência em relação ao assunto. “Estamos aguardando para ver qual é a posição definitiva que nós, da gerência, vamos ter neste momento. Mas de imediato o secretário quer que se contratem os ACTs para ao menos normalizar as aulas,” concluiu.

A presidente do Sinte Regional Araranguá, Red Silveira, informou que caso se confirme a contração dos ACTs, os grevistas vão acampar nos corredores da SDR todos os dias. Tática que já é utilizada na Assembleia Legislativa de Santa Catarina – Alesc.