Maluco? Que nada! O apicultor Gladsthone Silva, o Tony do Mel, encontrou uma nova forma de difundir a apicultura na região. O comerciante quis provar que as abelhas são muitos mais dóceis do que se imagina e investiu em algo muito mais radical, perigoso e, aparentemente, mais eficiente: cobriu parte do corpo com abelhas. “A ideia era formar uma barba com abelhas mas o enxame era pequeno e elas acabaram se alojando no pescoço,” conta em tom de brincadeira.

Tony  é um dos mais conhecidos e importantes produtores de mel na região. Seu apiário é um dos mais antigos em Balneário Arroio do Silva. Na atividade ele já atua há mais de 30 anos, portanto não tente fazer isso em casa, recomenda o especialista. “Aprisionei a abelha rainha próximo a região do pescoço e logo o enxame todo também veio. Não recebi nenhuma picada,” garante o apicultor.

O enxame de abelhas se alojou logo pela manhã na casa do comerciante, que encorajado pela família resolveu realizar a brincadeira. As abelhas ficaram grudadas ao corpo do homem por mais de trinta minutos. Esta não é a primeira vez que Tony cobre o corpo com abelhas. No ano passado afirma ter atraído um enxame com mais de 60 mil delas. “Neste dia lembro que meu corpo ficou totalmente coberto. Cheguei a caminhar com elas grudadas ao corpo por aproximadamente 1 km e também não recebi nenhuma picada,” revela.

As fotos e o vídeo renderam muitos comentários e atraíram a atenção de curiosos. A Revista W3 ganhou o direito de reproduzir o material com exclusividade em seu portal de notícias.

Reportagem: Saulo Pithan

Fotos: Divulgação