Um comprimidinho aparentemente inocente mas que pode provocar efeitos devastadores. É o ecstasy, uma droga sintética com consumo cada vez mais frequente entre os jovens, que age no cérebro alterando sensações e emoções. No final da tarde de quinta-feira,16, a Polícia Rodoviária Federal-PRF realizou no posto de Araranguá a maior apreensão da droga nos últimos três anos em Santa Catarina. A apreensão recorde foi de aproximadamente 25 mil comprimidos.

Segundo o Chefe do Núcleo de Operações Especiais da PRF, Stelzenberger, os comprimidos foram encontrados escondidos no fundo de uma mala de viagem que estavam no bagageiro de um carro com placas de Porto Alegre. A droga era transportada por pai e filho e seguia com destino à Florianópolis. Marcino Solismar Paz, 58 anos e  Fabiano de Aguiar Paz, 30 anos, foram presos em flagrante durante abordagem no posto policial de Araranguá.

A investida policial faz parte da operação “Morfeu” que tem como principal foco combater a comercialização ilegal de anfetaminas às margens das rodovias federais. A substância é utilizada por muitos caminhoneiros para 'vencer' o sono e virar noites seguidas dirigindo.

Ainda de acordo com o patrulheiro Stelzenberger, a dupla que estava com a droga não reagiu e revelou que faria a entrega dos comprimidos de ecstasy na capital catarinense. A droga estava acondicionada em três pacotes que no total pesavam aproximadamente 5kg. “No varejo, ou seja em festa raves cada comprimidinho destes é vendido a R$50,” explicou o policial rodoviário.

Operação positiva

A operação Morfeu iniciou na quarta-feira,15 e já tem um saldo positivo. No primeiro dia de ação os policiais já realizaram a apreensão de 11kg de maconha e 107 comprimidos de ecstasy. A droga foi localizada na barreira policial do município de Paulo Lopes onde três veículos foram apreendidos e quatro pessoas foram presas.

Reportagem: Saulo Pithan