Atualizado às 15h, do dia 10/04/2015

Após seis assembleias e muita negociação, o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais, aceitou a proposta da prefeitura de Araranguá. A decisão foi aprovada por aclamação, pelos cerca de 200 servidores, que estiveram presentes na assembleia realizada na noite de quarta-feira (9), na sede do sindicato.

De acordo com o Sindicato, as principais reivindicações da classe foram atendidas, entre elas o reajuste de 8% para todos os servidores, e aumento de 13% para o magistério. No entanto, os aumentos não serão liberados todos de uma vez só.

“O aumento de 8% será divido em duas vezes, já sendo o primeiro, 4%, pago retroativo a março, e o segundo aumento em janeiro de 2016. Já o magistério também vai receber o mesmo aumento de 8%, divido entre março e janeiro, mais quatro referências em fevereiro de 2016”, explicou o presidente do sindicato, Fernando Espíndula.

Ainda segundo Espíndula, a categoria conquistou os benefícios que pleiteava. “O acordo coletivo prevaleceu, o espírito de diálogo contribuiu para a união e o crescimento da categoria, que demostrou unidade e conquistou tudo aquilo que reivindicava”, declarou.

Além dos aumentos de salário, com data-base março de 2015, o sindicato ainda garantiu no acordo a criação do plano de saúde para os servidores, o estabelecimento da CIPA e o aumento do Vale Alimentação, de R$ 125,00 para R$ 150,00, para servidores que ganham até cinco salários mínimos, e de R$ 110,00 para R$ 135,00 para os servidores que ganham acima disso.

Prefeito comenta o acordo

Em entrevista a W3, o prefeito Sandro Maciel elogiou a postura do sindicato e interou que a prefeitura atendeu as reivindicações dos servidores. 'Dentro de nossas possibilidades, atendemos os pedidos da categoria. Vamos conseguir manter o piso na carreira, uma reivindicação histórica dos professores, além da implantação do plano de saúde', salientou. 'E deixo meus elogios ao sindicato, que foi maduro durante as negociações, asism como nós, governo, fomos sensíveis as reivindicações deles', completou Sandro.

Foto: Arquivo W3