A Polícia Militar de Balneário Gaivota agiu rápido e conseguiu prender o homem acusado de furtar um pote contendo aproximadamente R$500 em moedas. A partir deste fato outras prisões foram realizadas. A ocorrência foi registrada no último domingo,29, em um supermercado localizado na Av. Interpraias em Balneário Gaivota.

Segundo o proprietário, o acusado Richard Alano Silveira de Assis adentrou ao local e após cometer o furto fugiu a pé. A PM foi até a casa do homem mas não conseguiu localizar o objeto furtado. O rapaz que é usuário de crack confidenciou ter trocado o pote de moedas por 10 porções de crack na casa de Rhuan André Paula de Sousa, na COHAB Interpraias.  Guarnições da Polícia Militar de Sombrio e Baln. Gaivota se deslocaram até o local mas não encontraram o rapaz que é acusado de promover a comercialização de entorpecente na comunidade. Em um barraco localizado aos fundos casa do acusado, os policiais encontraram Enio Nogueira da Silva, que relatou o paradeiro de Rhuan. O homem tinha mandado de prisão em aberto pelo crime de estupro e acabou preso.

Novas prisões

 Horas depois os policiais conseguiram localizar Rhuan na residência de outro homem investigado pelo mesmo crime. O acusado de apelido Café que é suspeito de tráfico de drogas fugiu ao avistar as viaturas da PM. O homem foi flagrado transportando algo parecido com o pote de moedas ou possivelmente algum entorpecente. Rhuan foi localizado e levado até sua residência, onde, após buscas, foi encontrada uma pedra de crack pesando aproximadamente 5g que estava enterrada no pátio da moradia. Dentro da casa os policiais encontraram diversos objetos de origem duvidosa, entre TVs e outros equipamentos eletrônicos. Na casa café os policiais conseguiram apreender diversos objetos que também acreditam terem sido furtados.

A dona da casa será investigada pelo crime de receptação. Richard foi preso pelo crime de furto e Rhuan, acusado de tráfico de drogas, ambos foram levados à Delegacia de Balneário Gaivota.