A Polícia Militar realizou na tarde de ontem, quinta-feira,19, a prisão de um trio acusado de praticar uma série de furtos na região. De acordo com a PM, os acusados arrombavam e faziam um verdadeiro “limpa” nas moradias que eram alvo da investida criminosa.

Os policiais conseguiram chegar até os acusados depois de obter a informação que os criminosos usavam um veículo Peugeot 206 de cor bordô para cometer os furtos. Sem a farda um policial militar passou a seguir e monitorar o veículo suspeito. Ao perceberam que estavam sendo seguidos, os ocupantes do automóvel empreenderam fuga e foram perseguidos pela PM.

Um cerco foi montado com intuito de prender os criminosos que fugiram pela BR 101 e adentraram uma estrada de chão em Sapiranga, já no município de Meleiro. Os policiais montaram uma espécie de barreira no interior de Ermo, mas os fugitivos conseguiram furar o esquema policial. Depois de intensa perseguição o veículo foi interceptado por outro cerco montado no centro de Ermo.

A movimentação chamou a atenção dos moradores da pacata cidade, que há muito tempo não presenciavam tantas viaturas e policiais. No veículo estavam dois homens e uma mulher e, vários produtos provenientes de furto. Segundo informações da PM pelo menos três residências já haviam sido alvo dos acusados na tarde de ontem.

Após a prisão em flagrante, o trio foi levado para a delegacia de Turvo. Também foi apreendido R$ 229,00 em dinheiro, além de relógios entre outros objetos menores. A Polícia acredita que alguns dos objetos furtados, já haviam sido trocados ou vendidos antes da abordagem.

Segundo informações levantadas, o trio que possui uma extensa ficha criminal é suspeito de cometer uma série de crimes de arrombamentos seguidos de furto, em outras cidades do Vale. Eles são apontados como sendo autores de furtos praticados no último sábado em Balneário Morro dos Conventos e, no domingo no bairro Urussanguinha, ambos em Araranguá.

Foram presos Márcio Pinheiro dos Santos de 30 anos, mais conhecido como “Marcinho do Pico”, Vitor Hilário Guimarães de 21 anos morador de Criciúma e sua tia, Jucélia Regina Guimarães de 48 anos, conhecida como “Célia”, também moradora da região carbonífera.

Na delegacia, o trio foi autuado em flagrante pelo crime de furto qualificado pelo delegado André Gazzoni Coltro.


Reportagem: Karin Mariana- Colaboração Contra o Crime

Fotos: Diogo Lessa