O protesto dos caminhoneiros que bloquearam rodovias do país devido à alta do preço dos combustíveis e aos valores dos fretes, considerados baixos pela categoria, foi ampliado ao longo desta terça-feira, 24 e chegou ao extremo sul do estado. Durante a manhã de hoje, em Sombrio, um grupo de caminhoneiros bloqueou a BR 101. A paralisação iniciou por volta das 09h30min, no Km 438, em frente ao Posto Furnas.

 Logo nos primeiros minutos as duas vias, nos dois sentidos da rodovia federal já começaram a registrara pontos de lentidão e congestionamentos. Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal, em pouco mais de uma hora, e o engarrafamento chegou a atingir mais de 5km nos dois sentidos (norte e sul).

Segundo um dos caminhoneiros, Claudio Borges, 54 anos, os atos são motivados, principalmente, pelo alto preço dos combustíveis e valores dos fretes. “Estamos praticamente pagando para trabalhar. Do jeito que está não dá para ficar,” desabafa.

Os motoristas revelaram ainda que não tem previsão de quando os trânsito será liberado. O tráfego foi liberado apenas para veículos de passeio e cargas perecíveis.

Ações na Justiça
A Advocacia-Geral da União (AGU) protocolou ações na Justiça Federal dos sete estados para que fosse determinada a liberação de rodovias bloqueadas.

A AGU pediu que a Justiça conceda liminar (decisão provisória) para que as estradas sejam desbloqueadas e para que seja imposta uma multa de R$ 100 mil por cada hora em que a decisão for descumprida.

Reportagem: Saulo Pithan

Fotos: Saulo Pithan e Gabriela Silva