O presidente da Câmara de Araranguá vereador Rony da Silva (PMDB) cumpriu agenda oficial em Florianópolis nessa quarta-feira, dia 11. Um desses compromissos foi o encontro com o secretário estadual do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS), cuja sede fica situada no Centro Administrativo, bairro Saco Grande II.

INICIANDO PARCERIAS

Na SDS, o vereador Rony teve um diálogo bastante produtivo com Carlos Chiodini, titular da pasta. Entre outros assuntos solicitou que o secretário estadual participe uma reunião entidades como Associação Empresarial de Araranguá e do Extremo Sul Catarinense (ACIVA) e Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) a fim de debater o apoio na implantação de projetos locais. A intenção, conforme ele é que este encontro seja realizado em Araranguá. “Ficou combinado que vamos viabilizar o agendamento desse compromisso para uma data oportuna, permitindo a participação de todos. O fundamental é que além de confirma sua vinda, o Carlos Chiodini acenou com a possibilidade de desenvolver boas parcerias com o município. Esse encontro de hoje é o embrião para alavancar projetos associados a questões como gestão municipal de resíduos sólidos, sustentabilidade, hidrologia, inventário florístico florestal, plano municipal de saneamento básico, incremento e atração de novos empreendimentos”, disse Rony da Silva.

CRESCIMENTO PLANEJADO

Demonstrando reciprocidade aos interesses anunciados pelo vereador araranguaense, o secretário estadual Carlos Chiodini destacou a filosofia de trabalho que está sendo implantada. “Nosso principal desafio é manter a economia do Estado crescendo. Vamos trabalhar para a vinda de novos investimentos, porém, criando políticas públicas que potencializem a competitividade do setor produtivo catarinense. Este é o nosso grande patrimônio, o mesmo que faz Santa Catarina ser o maior gerador de empregos do país e o segundo Estado com a maior participação da indústria de transformação do PIB', disse. Chiodini também é um dos conselheiros da Agência do Fomento do Estado de Santa Catarina (Badesc).

A SDS centraliza, em um mesmo órgão, atividades ligadas ao meio ambiente, ciência, tecnologia, inovação e desenvolvimento econômico. Entre as ações na área econômica destaca-se o Juro Zero, o Programa de Desenvolvimento da Empresa Catarinense (Prodec), o apoio às micro e pequenas empresas (MPEs) e atração de grandes investimentos.

Fonte: Assessoria de imprensa