Adolescentes com histórias de vida tortuosas, conduzidas ao caminho do crime. O aliciamento de adolescente para o tráfico de drogas tem preocupado a Divisão de Investigação Criminal. A realidade antes exclusiva de grandes centros agora bate à porta de cidades de médio porte como Araranguá.

Imagens obtidas com exclusividade pela Revista W3 e divulgadas pelo delegado Jorge Giraldi lembram a ostentação de grandes periferias como as favelas do Rio de Janeiro e São Paulo. Nas fotografias registradas pelos próprios adolescentes eles exibem armas e fazem o uso de drogas. As imagens foram obtidas no celular de Jaisson Felisberto Orige, que foi preso na semana passada acusado de ter cometido um brutal assassinato. O jovem confessou ser o autor do latrocínio praticado contra o idoso Valdir Silveira de Vargas, de 70 anos em Santa Rosa do Sul.

Polícia Investiga facção criminosa

Segundo o delegado Jorge Giraldi, as imagens são claras e indicam que o grupo composto por jovens e adolescentes está fortemente armado. O trabalho da Polícia Civil consiste agora em identificar cada membro desta facção e monitorar os passos de cada um deles. Uma coisa é certa, nós não permitiremos que este grupe de agigante e já estamos atentos a todos os passos deles,” explicou Giraldi.

Ainda segundo a Polícia Civil os integrantes já identificados são velhos conhecidos no meio policial. Jovens com pouca experiência de vida, mas com marcas e fortes impressões no mundo do crime. Alguns já cometeram assaltos, furtos e possuem envolvimento com o comércio de drogas. Um inquérito policial foi aberto para investigar o caso e novas prisões poderão ser solicitadas no decorrer da investigação.

Fotos: Divulgação