Integrantes do grupo que homenageará postumamente trabalhador dos Correios estiveram reunidos na última semana

Homenagem na Folia. Na noite da última sexta-feira, dia 30, os integrantes do Bloco Folião Carteiro Jorginho realizaram uma reunião para acertar detalhes dos desfiles da formação que ocorrerão no dia 13, na segunda sexta-feira deste mês, no Balneário Morro dos Conventos, em Araranguá, durante o Carnafolia 2015, que inicia naquele dia e se estenderá até o dia 16, e no dia 15, domingo, na Avenida Getúlio Vargas, em Balneário Arroio do Silva, durante o Carnarroio, que começa no dia 13 e termina no próximo dia 17.  O primeiro evento é realizado pela Prefeitura de Araranguá e o segundo pela administração de Arroio do Silva. Nessa realização, o bloco sairá com a Escola de Samba Navegantes. 

O encontro foi realizado na casa dos familiares do trabalhador dos Correios que era conhecido no município e querido pelos colegas de profissão e parentes. Além da família, participaram da reunião amigos e trabalhadores. Estiveram presentes também a Diretora de Turismo do município, Daniele Leite, representando o Subsecretário de Cultura e Turismo, Jair Anastácio, e a esposa do vereador Ozair da Silva, o Banha, Cleonice Canto, representando o legislador no encontro. 

De acordo com a matriarca da família, Daína Leite, Jorge Henrique sempre demonstrou o apreço pela festa do povo. “Nós sempre planejamos realizar um bloco”, lembrou a companheira de Jorginho. “Todos nós gostamos de carnaval”, destacou Daína.


Sobre o Homenageado

A família de Jorginho prestigiou a homenagem realizada pelo Legislativo em 2014. Ozair da Silva foi o autor do Projeto de Lei No 19/2014, que teve por objetivo mudar o nome da Rua B, do Loteamento Eldorado, no bairro Coloninha, e denominá-la 'Carteiro Jorge Henrique', para eternizar o nome do trabalhador e enaltecer a tão honrada profissão. A proposta deu origem à Lei Nº 3260, de julho daquele ano. A homenagem contou com o apoio do carteiro e amigo da família, Darci de Cândido Filho. 

Jorge Henrique nasceu no bairro Barranca, em 1957, mas foi morar ainda na adolescência na localidade de Urussanguinha. Ao longo da vida, o trabalhador foi soldado da Polícia Militar (1977), atuou em uma fábrica de móveis (1979) e ingressou nos Correios, em 1981. 

Jorge foi também atuante na comunidade, participando como festeiro e noveneiro em festas como a de Nossa Mãe dos Homens, em seu bairro. Além disso, o profissional enveredou para a área política, sendo candidato a vereador por duas vezes. Além disso, Jorge Henrique constituiu família, casando-se com Daína Leite Henrique e tendo três filhos: Maria Mônica Henrique, Rudy Luiz Henrique e Filipe Henrique, além da neta Mariah. Jorge acabou falecendo em 21 de dezembro de 2012.