Na manhã desta segunda- feira, 26, agentes culturais da sociedade civil, juntamente com gestores culturais dos municípios que compõe a AMESC, participaram da III Oficina dos Planos Municipais de Cultura na sede da Associação.

A temática foi a captação de recursos para os diferentes segmentos culturais, os participantes receberam assessoria da Empresa contratada para auxiliar os municípios na elaboração dos Planos de Cultura, a fim de escreverem projetos para o Prêmio Elisabete Anderle de estímulo à Cultura.

A luta dos agentes culturais da região se consolida no sonho pela descentralização dos recursos estaduais nas áreas culturais, e somente com o envio de projetos pode-se mostrar que a região está organizada e que possuem capacidade técnica para desenvolver e fortalecer a cultura dos municípios, destaca a Coordenadora de Cultura e Turismo da Amesc, Cristiane Tonetto Biléssimo.

As inscrições no Edital se encerram no dia 11/02 por isso é hora de escrever os projetos e organizar a documentação necessária para poder habilitar os proponentes que devem ser pessoas físicas ou jurídicas (entidades com finalidade cultural e artística).

Esta oficina teve um caráter bastante particular, pois geralmente, nas regiões do Estado em que o setor cultural esta mais estruturado financeiramente, existe certa competitividade entre os proponentes, e na região da AMESC o sentimento é de união de forças, pois, sabemos que independente do município e do proponente que venha ser beneficiado, a região inteira se fortalecerá com isso culturalmente já que temos muita carência de recursos neste setor, destaca a empresa contratada para elaboração dos planos municipais de cultura.

Sobre o Edital:

Edital Elisabete Anderle de Apoio às Artes e à Cultura 2014 é um prêmio, promovido pelo Governo do Estado por meio da Secretaria de Turismo, Cultura e Esporte (SOL) e da Fundação Catarinense de Cultura (FCC) e distribuirá R$ 7 milhões a projetos nas categorias de Artes Populares, Artes Visuais, Dança, Letras, Música, Patrimônio Cultural e Teatro.

Nesta edição, foram ampliadas as premiações, criando também: Prêmio Catarinense de Arte e Cultura Negra e Indígena, Prêmio Catarinense de Museus, Prêmio Catarinense de Apoio a Eventos Artísticos e Culturais e Prêmio Catarinense de Bolsas de Trabalho, Intercâmbio e Residências.

O maior edital da área no estado destina recursos a produção, circulação, pesquisa, formação, preservação e difusão de trabalhos artísticos e culturais de pessoas físicas e jurídicas.

Mais informações sobre o edital podem ser obtidas pelo telefone (48) 3664-2641 ou e-mail: [email protected] A íntegra do edital está disponível no site www.fcc.sc.gov.br.

Coordenadoria de Cultura e Turismo da AMESC