Na noite de quinta-feira, dia 11, na sede do Legislativo, a comunidade prestigiou a sessão de diplomação e posse dos vereadores mirins e definição da mesa diretora da Câmara Mirim. O ato, apresentado pelo radialista Saulo Machado, contou com a presença de pais, professores, diretores e legisladores. A mesa de autoridades foi composta pelo Presidente da Câmara Municipal, Ozair da Silva, o Banha (PT), o vereador Adair Jordão (PT), a Secretária de Educação, Rosângela Casagrande, o vereador licenciado e Secretário Municipal de Assistência Social e Habitação, Eduardo Merêncio (Chico), e a Agente de Polícia, Márcia Nunes Scarduelli, que representou o  Delegado Jair Pereira Duarte, responsável pelas delegacias da Mulher de Araranguá e Delegacia de Maracajá. Também estiveram no Legislativo, os vereadores Geraldo Mendes (PT), Lourival João, o Cabo Loro (PROS), e Daniel Viriato Afonso (PP). 

Na solenidade, as autoridades ressaltaram a importância do ato. Chico foi o autor do Projeto de Lei No 17/2011, denominado “Vereador Mirim a Câmara vai à Escola”, cuja primeira edição ocorreu em 2011. “Estou emocionado pelo fato desses adolescentes terem se empenhado e participado de eleições nas escolas”, destacou o Secretário. 

Já o Chefe do Legislativo parabenizou a todos os envolvidos e desejou um bom mandato aos vereadores mirins. “A estrutura da Casa Legislativa estará à disposição de vocês. Que vocês aproveitem esse período aqui”, enfatizou Banha. 

Os 15 vereadores eleitos nos educandários e os suplentes foram diplomados, sendo parabenizados pelas autoridades. Logo após, a sessão foi suspensa para a eleição da mesa diretora. Eleita por unanimidade dos votos, a Chapa Fênix é composta pela Presidente Karoline Costa Pereira, pelo 1º Vice-Presidente Rodrigo Costa Teixeira, pela 1º Secretária Hellen Costa dos Reis, pela 2º Vice-Presidente Andreyna de Freitas Roldão e pelo 2º Secretário Guilherme Machado Gonçalves. 

Trabalhos

Em fevereiro, após o recesso do Legislativo, os adolescentes farão as reuniões legislativas sempre às 15 horas, na última semana de cada mês, nas terças-feiras. 

Sobre o Programa

A ação permite que os estudantes entre 12 e 15 anos dos 6º, 7º, 8º e 9º anos do Ensino Fundamental atuem como vereadores por um ano, realizando sessões e apresentando projetos para a comunidade. Os alunos eleitos receberão uma capacitação gratuita de formação, que será realizada pela Escola do Legislativo Deputado Lício Mauro da Silveira, vinculada à Alesc, a Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina.

*Fonte: Assessoria de Imprensa CMVA, por Vanessa Irizaga