O centro de eventos que sediou a Audiência Pública para discussão sobre a realização da 25ª edição da Arrancada de Caminhões ficou lotado na noite desta terça-feira. Moradores da região, representantes de órgãos governamentais e de segurança, lideranças políticas e comunitárias e ainda representantes de entidades organizadas marcaram presença no evento organizado pela Prefeitura Municipal de Balneário Arroio do Silva. O encontro durou mais de duas horas e deliberou pela realização do evento que é único do gênero no mundo inteiro. Ao final da audiência, os participantes aprovaram a continuidade da Arrancada que foi marcada em sua última edição pelo triste episódio da morte do piloto Edson Beber.

Durante o encontro a organização mostrou um histórico do evento e apresentou as modificações que devem ser realizadas na pista nesta próxima edição. A principal modificação está relacionada a segurança e ao tamanho da pista que será encurtada para 201metros de extensão. A participação do público que assiste ao espetáculo ficará restrita e haverá aumento na altura nas grades que separam o público da prova.

O resultado do inquérito policial sobre a morte do piloto que era aguardado com ansiedade não foi apresentado. De acordo com o delegado Regioanal Vanderlei Luis Sala, ele ainda será finalizado até esta sexta-feira, mas adiantou que o acidente foi provocado por negligência do próprio piloto.

Maiores detalhes e a cobertura completa você confere  na edição impressa da Revista W3 desta quinta-feira.

Reportagem e fotos : Saulo Pithan