Três garotos obtiveram o maior número de votos e representarão o colégio na atividade

Juventude no Legislativo. A manhã e a tarde da última sexta-feira, dia 14, da Escola Castro Alves foram movimentadas pela realização das eleições para a escolha do vereador mirim e os dois suplentes que representarão o educandário no Programa Câmara Mirim da Câmara Municipal. A iniciativa permite que os jovens atuem como legisladores e proponham projetos e realizem sessões durante um ano. No total, 20 turmas participaram do processo de votação votando em branco ou em um dos sete candidatos. Foram contabilizados 251 votos.

Elegendo-se com 179 votos, Rodrigo Costa (8º ano 7), de 14 anos, é o vereador mirim que representará a instituição no Programa. Como primeiro e segundo suplentes, respectivamente, ficaram Iago Becker (8º 6), de 14 anos, que obteve 109 votos, e Vitor Hugo Saccon (8º 2), de 14 anos, que conseguiu 98 votos.

Estiveram orientando os alunos durante o ato o Professor de Geografia, Antônio César Sprícigo, a Professora de História, Estelamaris Fonseca, a Assistente de Direção, Cristiane Sant’Elena Guze e a Assistente de Educação, Ellen da Silva Rufino dos Reis. O Diretor da Escola, José Búrigo, presente na ocasião, destaca que é a primeira vez que o colégio está participando da ação. “A atividade é importante porque o adolescente aprende sobre o que é a política”, explicou Búrigo.

Para o Presidente da Câmara Municipal, Ozair da Silva, o Banha (PT), o Programa é uma grande oportunidade para os jovens.  “A Câmara Mirim foi um projeto desenvolvido há alguns anos e é importante porque possibilita que os vereadores mirins conheçam melhor a política e como funciona o Legislativo', destacou Banha.

Trabalhos

Em dezembro, os vereadores mirins serão empossados. Haverá também a formação da Mesa Diretora da Câmara Mirim, com Presidente, Primeiro Vice-Presidente, Segundo Vice-Presidente, Primeiro Secretário e Segundo Secretário.

Cronograma

Depois do credenciamento das escolas, etapa já finalizada, vem a escolha dos representantes das instituições, por meio da realização de eleições nos educandários. As escolas têm até 24 de novembro para entregar a ficha de inscrição dos eleitos.

Quem Participa?

A ação permite que os estudantes entre 12 e 15 anos dos 6º, 7º, 8º e 9º anos do Ensino Fundamental atuem como vereadores por um ano, realizando sessões e apresentando projetos para a comunidade. No total, haverá 15 vereadores mirins e mais 15 suplentes.

Sobre o Programa

A iniciativa foi posta em prática por meio do Projeto de Lei No 17/2011, denominado “Vereador Mirim a Câmara vai à Escola”, de autoria do vereador licenciado e atual Secretário Municipal de Assistência Social e Habitação, Eduardo Merêncio (Chico).

-- 

Assessoria de Imprensa/Vanessa Irizaga 

3521-0835

9906-8048

www.cmva.sc.gov.br