Participante de Companhia de Teatro Vanguarda apresenta projeto sobre livros que são pedidos em vestibulares da UFSC, ACAFE e UDESC

A Companhia de Teatro Vanguarda passa por Santa Catarina com a apresentação da peça: V de Vanguarda. Nele, são feitas adaptações das obras literárias pedidas nos vestibulares da UFSC, ACAFE e UDESC 2015/1 para alunos do ensino médio, de cursinhos pré vestibulares e aos interessados.

Dentre a equipe e atores, um timbeense faz parte do grupo: Eduardo Rafael Magagnin. Produtor e ator, atua há 12 anos. “Sempre almejei o teatro. Fui para a capital me preparar e depois de seis meses de oficina, fui convidado para fazer parte da Companhia Vanguarda, com o projeto Literatura Viva”, relatou.

Teatro Vanguarda

Para o preparo das peças, o grupo de 27 pessoas adapta as obras, de fevereiro a setembro, para então ser apresentados nos municípios. Durante o espetáculo, de 10 a 15 pessoas apresentam oito peças, através da comédia. São obras como O fantástico na ilha de Santa Catarina (Franklin Caescaes), Várias histórias (Machado de Assis), Agosto (Rubens Fonseca), Relato de um certo oriente (Milton Hatoun), Melhores poemas (João Cabral de Melo Neto), Cronistas do descobrimento (Antônio Olivieri e Marco A. Villa), Juiz de paz na roça (Martins Pena), O que é isso companheiro? (Fernando Gabeira). “Muitos estudantes tem dificuldade com a literatura, em entender as obras. É interessante, pois as pessoas memorizam o nome dos personagens e compreendem o enredo. Cada um tem uma estética para os vestibulandos se adaptarem melhor”, explicou Eduardo.

A companhia passará pelos municípios selecionados até 6 de dezembro. Após a conclusão do projeto 2014, a equipe confere como a peça contribuiu para vestibulandos. “Muitos já nos agradeceram e falaram que ter conferido a peça foi essencial para serem aprovados”, lembrou Eduardo.

Eduardo como ator

Hoje, Eduardo cursa artes cênicas na Universidade Federal de Santa Catarina. “Eu acredito no teatro pela maneira com que ele consegue se conectar com as pessoas, pela forma com que os desafia devido a presença”, frisou ele.

Com os anos, se acumulam as lembranças dos projetos realizados. “Já atuei personagens curiosos, intrigantes, hilários, no qual já passam dos 50 papéis, criados com muito esforço, dedicação e persistência”, destacou.

Após anos de atuação e categorias distintas, Eduardo se diz realizado pelos resultados que a área trouxe. “Considero meu trabalho reconhecido com as reações da platéia e a resposta de outras pessoas que também fazem teatro”, declara.

Mais informações sobre os locais que a peça V de Vanguarda será apresentada podem ser conseguidas no www.ciavanguarda.com

Giorgia Daniel - Jornalista - Reg. SC 3523 JP

Assessoria de Comunicação

Prefeitura Municipal de Timbé do Sul – (48) 3536-1133 / 9168-5321

Mais informações acesse: www.timbedosul.sc.gov.br

Facebook: /timbedosul.asscom