A frase é tão otimista quanto o semblante do senador tucano Paulo Bauer, presidente estadual do PSDB, e principal nome do partido ao governo de Santa Catarina. Questionado, se divide entre modestamente deixar seu nome à disposição para o cargo e naturalmente afirmar sua pré-candidatura, a qual considera andar de forma diferente a dos outros partidos. “Todos os outros apoiam a reeleição da presidente, nós não, onde o PT estiver, o PSDB não estará”, diferencia Bauer ao apontar o reflexo da condição imposta no cenário catarinense.

Acompanhado do ex –governador Leonel Pavan, postulante ao cargo de senador nas eleições de 2014, Paulo Bauer cumpriu, desde o início da manhã de segunda-feira, 19 de maio, extensa agenda no extremo sul do Estado. Durante período da  noite, os lideres tucanos se reuniram na sede do Grupo Menegalli, onde aconteceu  o Encontro Regional do PSDB do Vale do Araranguá. A Revista W3 realizou entrevista exclusiva com o pré-candidato tucano que falou sobre os caminhos para desenvolver a região do extremo sul catarinense. Acompanhe os melhores trechos da entrevista.

“Extremo Sul Catarinense precisa apostar na qualificação da mão de obra!”

A receita para atingir o desenvolvimento social e econômico na região passa por investimentos que qualifiquem a mão de obra local. Segundo Bauer, não adianta ter produção agrícola, se não existir mecanismos que valorizem a produção. “Se a região possui  grande produção mas tudo é levado embora, é sinal de que não existe a industrialização deste produto na região. Não existe o aproveitamento de todos os recursos humanos para gerar mais emprego,” explica.

Para o Senador  é preciso investir no turismo para desenvolver o extremo sul catarinense. “Esta região é rica em belezas naturais e precisamos fazer com que o Brasil descubra este roteiro, ao mesmo tempo que precisamos melhorar a infraestrutura turística e de divulgação para atrair turistas o ano inteiro,” revela.

“Precisamos reforçar  a atuação do PSDB no Estado e na região!”

Segundo dados fornecidos pela própria sigla, atualmente o PSDB é quarto maior partido político do Estado em número de filiados. São 90 mil tucanos espalhados por Santa Catarina. Para ganhar força e  impulso, Paulo Bauer sabe que precisa reforçar mais a atuação do partido e pediu isso aos correligionários. “Esta reunião agrega lideres de 15 municípios aqui da região. O encontro tem o propósito de oferecer aos nossos colegas de partido e aliados, informações sobre o plano e o projeto do PSDB para o Estado e o País. Nesse sentido é bom dizer que o PSDB hoje já tem uma candidatura à presidência da República colocada, na pessoa do Ex Governador de Minas Gerais, Aécio Neves, e teremos em Santa Catarina a candidatura ao Governo de Estado, já que aqui, todas as eleições presidenciais o PSDB foi vitorioso, o que demonstra uma simpatia do povo catarinense com nossa sigla,” explica.

Evento

O Encontro Regional do PSDB contou com a presença de líderes políticos tucanos de todo sul do Estado. Discursaram para uma plateia animada de correligionários, além do Senador Paulo Bauer e Leonel Pavan,  o Deputado Estadual  Dóia Guglielmi,  a vereadora de Criciúma e pré-candidata a Deputada Federal Gionava Sá e o Coordenador Regional do PSDB Hélio Henrique Silva.

VEJA AS FOTOS DO EVENTO EM NOSSA SESSÃO DE COBERTURAS.

Reportagem: Saulo Pithan

Fotos:  Tiago Beduschi- Revista W3