.

Driblar a inatividade. Este é o principal objetivo do Dia do Desafio, um evento internacional certificado pela Unesco.  Araranguá participará novamente do evento e se preparar para aumentar a participação da população que está convidada a literalmente se mexer. Uma competição entre cidades que tenta mobilizar o maior número de pessoas possível para praticar exercícios físicos e atividades esportivas. Assim é o Dia do Desafio.  O evento será dia 28 de maio. Ano passado, seis cidades da região participaram. Em 2014, dez já estão inscritas uma média de 180 cidades catarinenses.

De acordo com o subsecretário de Esportes, Luciano Pires, aproximadamente 13 mil pessoas participaram do desafio em 2013. “Este ano, nossa meta é chegar perto de 20 mil”, relatou.

Na tarde desta quarta-feira, 07, a coordenadora do Sesc de Criciúma, Cleonice do Canto e a coordenadora pedagógica dos cursos de Educação Física da Faculdade do Vale do Araranguá (FVA), Sibeli Borba, estiveram no gabinete do prefeito Sandro Maciel, fazendo a entrega de um troféu pela participação do município em 2013.

FVA vai colocar todo mundo para se mexer

A única faculdade genuinamente araranguaense promete mobilizar a comunidade local. Dezenas de acadêmicos dos cursos de licenciatura e bacharelado em educação física estarão realizando inúmeras atividades no dia do desafio. A programação de atividades ainda está sendo montada, no entanto o objetivo é tirar todo mundo do sedentarismo.

Dia do Desafio

A criação do Dia do Desafio aconteceu no Canadá na década de 80. Os principais objetivos do evento são promover a integração entre cidadãos, despertar o interesse pela prática de esportes e atividades físicas, por meio de uma competição amigável entre as cidades. O “Dia do Desafio” é coordenado pelo SESC, sendo uma iniciativa da TAFISA - The Association For International Sport for All e conta com o apoio da ISCA International Sport and Culture Association. É um movimento comunitário que envolve poderes públicos, instituições privadas e cidadãos. A Faculdade do Vale do Araranguá (FVA) é parceira do Poder Público nesta missão.

As pessoas tem que reservar 15 minutos neste dia, fazer as atividades e registrá-las. Araranguá competirá com uma cidade proporcional pelo número de habitantes. Cada participação conta pontos para o resultado final. A ideia é conseguir o maior número de pessoas para participar.