Dois dias após a data, os comerciantes já contabilizam o sucesso das vendas de Páscoa. Na estimativa feita pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Araranguá, o acréscimo foi de aproximadamente 3% com relação ao mesmo período do ano anterior. “Este percentual contabiliza não só o setor alimentício, mas do comércio num geral”, destaca o presidente da CDL, Clézio Motta.

Item indispensável, o chocolate foi um dos campeões de vendas e as lojas do setor comemoram o saldo positivo. Para a gerente da Cacau Show de Araranguá, Luciana Zanette, as vendas foram ótimas, tanto que, alguns produtos chegaram a faltar nas prateleiras. “Os itens da linha especial de Páscoa começaram a faltar na quinta-feira, 17, e sábado, 19, já não tínhamos mais ovos”, destaca.

Especializada em chocolates artesanais, a confeiteira Beth Steckertatribui o sucesso das vendas à variedade de produtos que disponibiliza. Além dos tradicionais ovos, ela também produz bombons, tortas, trufas e doces. “Ainda não parei para fazer este levantamento, mas minha média de vendas nesta Páscoa foi de 100 a 120 ovos, sem contar os demais produtos”, comemora.
Bom para o geral

Engana-se quem acredita que apenas o setor alimentício foi beneficiado pela data. O comércio, no geral, registrou aumento nas vendas e tem motivos para comemorar. Na loja Tendência, o movimento superou as expectativas. “Vendemos de tudo, desde bolsas e sapatos até roupas da coleção Outono/Inverno. Foi uma data bem positiva, não temos do que reclamar”, destaca a vendedora Silvana da Silva.

Reportagem Maiara Possamai