A procriação de animais e o abandono é uma questão de saúde pública e para resolver parte deste problema a castração é uma das opções mais coerentes. Para isso, a Fundação Ambiental do Município de Araranguá está realizando desde o mês de junho mutirões de castração de animais de forma itinerante, onde um ambulatório móvel vai aos centros comunitários das comunidades.

Neste fim de semana o mutirão de castração que acontece dentro do “Castrabus” está no bairro Lagoão, um dos maiores da cidade de Araranguá e castrará mais de 100 animais.

O vereador Jair Anastácio, que reside há mais de 40 anos no bairro, esteve presente na ação auxiliando os organizadores. “Essa é uma ação muito importante desenvolvida pela Fundação Ambiental de Araranguá. Hoje o abandono de animais e também o aumento de filhotes é visível em nosso bairro. O mutirão também é uma forma de conscientização das pessoas”.

Na opinião do vereador da comunidade, é importante a parceria do poder público com as associações de moradores. “Atualmente participo da União das Associações de Moradores, a UAMA e todas elas avaliam positivamente este mutirão. A associação de moradores tem que ser vista como o elo entre a comunidade e os governantes e essa atividade representa isto”, afirma Jair.

O presidente da Associação de Moradores do Lagoão, Pedro Cardoso Patrício, comentou sobre a iniciativa na comunidade. “Essa é uma bela ação em prol de nossa comunidade e estamos felizes em receber esta atividade. Nosso agradecimento a todos que lutam pela comunidade, todos os membros da associação de moradores, ao vereador Jair Anastácio e toda a equipe da Fama”.

Foram castrados nesse sábado, 26 e domingo, 27 novos animais 

Fonte: Assessoria de Imprensa