Se aproximou de dois candidatos por vaga, na rede pública de ensino de Maracajá, de estudantes interessados em participar do Programa Protetor Ambiental, institucionalizado pela Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC), que proporciona formação de 180 horas/aula em questões relacionadas à preservação do meio ambiente. A divulgação dos 30 selecionados, entre 59 inscritos, ocorre na próxima segunda-feira, 15.

Conforme o cabo Leandro Ghelere, da Polícia Militar Ambiental, um dos coordenadores da implantação do programa em Maracajá, a prova de seleção ocorreu nesta quinta-feira, 11, simultaneamente nas quatro escolas, duas de cada rede, com estudantes com idades entre 12 e 14 anos. Eles atenderam a etapa anterior do processo, que foi de divulgação do "Protetor Ambiental" e receberam uma cartilha "Nosso Ambiente", produzida pela Polícia Militar Ambiental, da qual foram retiradas 25 questões que integraram a prova seletiva.

O programa é viabilizado por parceria entre a corporação militar e a administração municipal. São fornecidos pela PMSC, com recursos do Ministério Público Estadual, uniforme, boné, cantil, botas de couro, agenda e material didático. A corporação também se responsabiliza pelos recursos humanos para ministrar aulas teórica e práticas e saídas de estudos. A Prefeitura de Maracajá fica responsável pelo transporte e lanche dos participantes. As aulas são semanais, no contra turno escolar.

A estrutura e atividades da PM, ecologia, recursos hídricos, gestão de resíduos, de flora e de fauna, legislação ambiental, unidades de conservação integram o conteúdo programático da formação. Atividades extracurriculares, como visitas educativas a Unidades de Conservação, Museu de Zoologia, trilhas ecológicas e noções de aspectos regionais, culturais, cidadania e civismo completam o programa.

"Após a conclusão do programa espera-se que estes jovens possam ser multiplicadores dos conhecimentos adquiridos em sua formação e podendo levar para a sua comunidade no relacionamento com colegas de escola e familiares a importância da preservação do meio ambiente para as presentes e futuras gerações", acrescenta o cabo Ghelere. A previsão é que a aula inaugural ocorra na primeira quinzena de maio próximo. A aula inaugural ocorre no início de maio, com presença de pais, autoridades e convidados especiais.

Fonte: Assessoria de Comunicação