A manhã do último sábado do mês de março foi de movimento na beira da praia em Balneário Arroio do Silva. Em prol do meio ambiente, voluntários se uniram e realizaram um mutirão retirando lixos e entulhos da beira da praia. O grupo se reuniu na primeira hora da manhã. Os participantes foram recepcionados com uma mesa de frutas, água e um som especial comandado pelo músico Carlos Magno. Camisetas do projeto EducaMar foram distribuídas aos primeiros inscritos e mudas nativas e frutíferas foram doadas pelo departamento municipal de meio ambiente. Na sequência, antes dos grupos se organizarem para o início do mutirão, teve uma breve atividade de yoga com Flávia Casagrande, onde os participantes puderam relaxar e se alongar antes de iniciar o mutirão.

Logo os participantes se dividiram em dois grupos – um para recolher o lixo no lado norte e outro no lado sul. A ação reuniu muita gente e teve como objetivo retirar da natureza aquilo que não lhe pertence e conscientizar as pessoas de que lugar de lixo é no lixo.

“Não podemos ignorar a natureza porque mais na frente ela vai cobrar da gente. Nós precisamos preservar e, por isso, o motivo de estarmos reunidos neste dia. Em nossa orla observamos que temos muitos resíduos plásticos, madeira e resíduos de construção civil. Esta ação foi um laboratório e foi apenas a primeira de muitas que pretendemos fazer”, registrou a secretária de turismo, pesca, agricultura e meio ambiente, Helen Becker.

Ação foi realizada pela secretaria municipal de turismo, pesca, agricultura e meio ambiente e pelo Projeto EducaMar, tendo o envolvimento da secretaria de obras e a parceria da Associação de Surf de Balneário Arroio do Silva (ASBAS) e da EJW.

“O projeto EducaMar veio para o município para somar, ajudar a preservar a praia e o ecossistema marinho. Não vamos conseguir resolver o problema do lixo, mas acredito que com atitude e esse exemplo que estamos dando hoje, muitas pessoas podem mudar os pensamentos e hábitos”, frisou a gestora ambiental e idealizadora do projeto EducaMar, Suelen Santos.

O prefeito Juscelino da Silva Guimarães, o Mineiro, e a primeira-dama, Claudete Guimarães, também participaram da ação. “Ações como esta são importantes para despertar o interesse a conscientização ambiental. Precisamos cuidar do meio ambiente e frisar cada vez mais que lugar de lixo é no lixo. Obrigado a todos que se voluntariaram e participaram desta boa causa”, destacou o prefeito.

O mutirão teve como inspiração o Trash Tag Challenge, que é uma mobilização mundial que tem incentivado as pessoas a retirarem os lixos do meio ambiente. A ideia surtiu efeito no município, já que reuniu dezenas de pessoas interessadas em dar o destino correto ao lixo. Lembrando que um mutirão de limpeza já havia sido feito no início da temporada de verão e esta nova ação veio com uma nova proposta a fim de mobilizar ainda mais a comunidade.

O morador José Paulo Alexandre participou da ação coletiva pela primeira vez e gostou da iniciativa. “Sempre tive vontade de participar de uma ação como esta. O que mais admiro é a limpeza na beira da praia. Sou pescador, não sou profissional, mas gosto de pescar. Observo que alguns pescadores reclamam que tem lixo no mar, mas puxam a rede e deixam a sujeira na beira da praia. Eu sempre faço a minha parte e acredito que todos devam fazer”, disse o morador que também acredita que o mutirão é uma oportunidade que as pessoas têm de propagar a conscientização. José Paulo foi acompanhado da namorada Clecy Dal Bosco. “A quantidade de garrafas plásticas e de toco de cigarro é incrível. A gente sempre faz nossa parte, mas muitas pessoas ainda não têm essa consciência”, declarou.

A ação de retirada de lixo e de conscientização ambiental deve ser realizada em outras épocas do ano.

Fonte: Bianca Goulart