A história da pequena Ana Clara, de apenas cinco meses, comoveu muitas pessoas. Depois de divulgar a luta pela transferência da menina e, depois, do diagnóstico de cirrose, chegou o momento de darmos uma boa notícia.

Desde que o pai de Ana Clara, Gregório Soterio, entrou em contato com o Grupo W3 pedindo ajuda para saber o motivo da demora na transferência hospitalar, a reportagem acompanha o caso de perto. Nesta segunda-feira, 11, ele informou que a menina está em fase de recuperação.

Segundo o pai, o transplante acabou sendo realizado antes do previsto. “A minha esposa seria doadora, mas quando estava faltando apenas um exame para fazer a doação, apareceu outro doador compatível”, conta.

No dia 1º deste mês ela foi submetida à cirurgia de transplante do fígado. “Os médicos haviam nos informado que poderia durar de seis a 12 horas, mas graças a Deus correu tudo bem. Ela entrou às 18h e a 1h30 os médicos já nos avisaram que estava tudo bem e ela estava sendo transferida para a UTI. Foi um alívio”, relata.

Ela segue internada no Hospital das Clínicas, em Porto Alegre, e apesar de ainda não ter previsão de alta, os pais comemoram o sucesso da cirurgia. “Ela ainda está em recuperação, foi uma cirurgia delicada e requer muitos cuidados e atenção. Tem dias que ela está bem, em outros está pior, mas segue se recuperando”, informa.