Mais um produtor rural de Maracajá garantiu selo de certificação de produção orgânica. "Estou muito feliz com a conquista deste selo, o alimento que produzo é limpo e não utiliza agrotóxicos, comprovadamente", comemora Lindomar de Almeida, produtor de hortaliças em cinco mil metros quadrados, na zona rural de Vila Beatriz, onde trabalha em regime de agricultura familiar com sua mulher. Sua produção é comercializada em supermercados da região e merenda escolar da rede municipal de ensino de Maracajá.

"Essa conscientização da importância da produção orgânica começa a ganhar corpo em Maracajá; tínhamos até agora apenas o agricultor Claudenir da Rocha, da comunidade do Cedro, que produz pitaia orgânica e Lindomar comprova que com determinação, técnica e respeito à natureza se tem um produto de valor agregado e de qualidade", comenta o engenheiro agrônomo da Epagri de Maracajá, Ricardo Martins.

Conforme Martins, Lindomar há mais de três anos trabalha na produção de alimentos sem agrotóxico e com ativa participação em grupos e capacitações de produtores orgânicos. Essa persistência e dedicação foram reconhecidos pela Certificadora Rede Ecovida de Agroecologia, credenciada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e pelo Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro).

Ricardo fala sobre a importância da iniciativa. "A linha de produção orgânica de frutas e hortaliças é promissora na região e tem o potencial de atingir nichos específicos em canais de comercialização". Lindomar, orientado pelo agrônomo da Epagri de Maracajá, utiliza diversas técnicas na produção orgânica, como adubação orgânica, rotação de culturas e adubação verde. Os produtos com certificado de produção orgânica são agrião, alface, almeirão, batata doce, beterraba, cebolinha, cenoura, chicória, couve folha, espinafre, moringa oleífera, repolho, rúcula e salsa.

Fonte: Assessoria de Comunicação