As intensificações para a vacinação contra a febre amarela iniciam nesta sexta-feira, 1°. Segundo a secretaria de Saúde do Estado a procura pela vacina está abaixo da média, até o dia 15 de janeiro deste ano apenas 10,6% da população catarinense procurou os postos de saúde.

Segundo a técnica do departamento de imunização da gerência de Saúde da ADR, Bárbara Cristiano Monteiro, o reforço inicia no dia 1°, mas maiores quantidades de vacinas chegarão a partir de amanhã nos postos. “Vacinaremos toda a população de nove meses a 59 anos 11 meses e 29 dias. As estimativas de vacinação da população nessa faixa etária são de 114 mil pessoas. As vacinas já existem nos postos, mas a partir de amanhã estará sendo enviado um maior quantitativo para atender a toda essa demanda”, salienta.

A febre amarela é uma doença grave e de alta letalidade. A vacina de dose única é suficiente para a proteção contra a doença e é o meio mais eficaz de prevenção da doença. A doença é transmitida pela picada do mosquito Hemagogus (no meio silvestre) e do Aedes aegypti (no meio urbano) e não existe transmissão de pessoa para pessoa. Os macacos sinalizam a circulação do vírus, mas não transmitem a doença.

Os principais sintomas da doença são febre, dor de cabeça, calafrios, náuseas, vômito, dor no corpo, pele e olhos amarelados (icterícia) e hemorragia na gengiva, nariz, estômago, intestino e urina.