A unidade atenderá uma população estimada em 180 mil pessoas da região e é resultado de R$ 9 milhões em investimentos para construção e R$ 3 milhões em equipamentos, através do Programa Pacto por Santa Catarina. “A Policlínica de Araranguá será referência para toda a Macrorregião Sul em oftalmologia. Além de atender a população do Extremo Sul em diversas especialidades médicas. É mais um sonho do Sul que vamos tirar do papel, dentro da política de Regionalização da Saúde, incentivada pelo governador Eduardo Moreira e que vem dando resultados”, destaca o secretário de Estado da Saúde, Acélio Casagrande.

A partir de agora, os pacientes poderão receber atendimento nas seguintes especialidades: Oftalmologia, Cirurgia Geral, Ortopedia, Cirurgia Pediátrica, Vascular, Ginecologia e Obstetrícia, Fonoaudiologia, Nutrição, Psicologia, Infectologia, Anestesiologia, Cirurgia Bucomaxilofacial, Urologia e Pneumologia.

Com área de dois mil metros quadrados, a Policlínica Regional de Araranguá é a primeira construída pelo Governo do Estado e será administrada pelo Instituto Maria Schmitt. "Esta é a maior obra dos últimos anos que vai favorecer a saúde da nossa região. É uma conquista muito importante para o Extremo Sul. Os moradores dos nossos 15 municípios terão acesso a exames e consultas sem precisar se deslocar para outros centros", disse o secretário executivo da ADR Araranguá Heriberto Afonso Schmidt.

Fonte: Assessoria de Comunicação