Uma reunião realizada na manhã da última quinta-feira, 18, no gabinete do prefeito, reuniu lideranças e autoridades envolvidas diretamente com a segurança, comércio, justiça e assistência social do município.

Entre os participantes estiveram a secretária de Assistência Social e Habitação, Alice Aguiar; o doutor Francisco Dielo da Procuradoria do Município; o capitão da 1ª Companhia de Polícia Militar, capitão Diego Schwartz; o delegado Regional, doutor Diego de Haro; o Conselheiro do COMAS Conselho Municipal de Assistência Social), Ricardo Assis Alves e o presidente do Fórum de Segurança Pública e da OAB(Ordem dos Advogados do Brasil), doutor Laércio Machado Júnior.

Também presentes na reunião o presidente da CDL (Câmara dos Dirigentes Lojistas) Luiz Gonzaga; o tenente-coronel Maike Adriano Valgas, comandante do 19º Batalhão de Polícia Militar de Araranguá; a coordenadora do CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social), Vilma Okamoto; coordenadora do CRAS(Centro de Referência de Assitência Social), Hanna Arns Haupp e o promotor de Justiça, doutor Pedro Lucas de Vargas e o prefeito Mariano Mazzuco Neto.

A reunião serviu para anunciar a despactuação do programa Centro Pop, que atendia pessoas em situação de rua. Segundo a secretária Alice, “este programa foi projetado para cidades a partir de 250 mil habitantes, não sendo este o caso de Araranguá”. Anteriormente foi realizada uma reunião com membros do Conselho Governamental e Não Governamental, do Comitê de Assistência Social, que votaram pelo encerramento do serviço.

O próximo passo é o envio de um ofício do Conselho e outro da Secretaria, para o Ministério de Desenvolvimento Social, para o encerramento dos trâmites. A equipe técnica será remanejada para o CREAS. O prefeito Mariano Mazzuco Neto, encerrou a reunião salientando o trabalho desenvolvido na área social e os investimentos do município em vários setores e agradeceu a presença de todos.