A mobilização da equipe do Departamento Municipal e a conscientização dos pais e responsáveis por crianças menores de cinco anos de idade, resultaram em superação da meta estabelecido para Maracajá, pelo Ministério da Saúde, para cobertura na campanha de vacinação contra sarampo e poliomielite. Na soma total, até a manhã desta quinta-feira (30) a cidade contava com índice de 96,7% de cobertura em relação à meta.

"Vamos superar a meta e nos aproximar e até avançar além da quantidade total de vacinados previstos pelo Ministério da Fazenda", comemora a responsável pela Vigilância Epídemiológica de Maracajá, Silvana Bilésimo. O balanço encerrado na tarde de quarta-feira mostrou que das 365 crianças a serem vacinadas, 353 foram imunizada. "Como a campanha termina na sexta-feira, dia 31, é possível vacinarmos todas as 365 crianças", arremata Silvana.

Na avaliação da responsável pela Vigilância Epidemiológica, o empenho de servidores da saúde fazendo pesquisas de quais crianças não haviam sido vacinada e telefonando ou procurando em casa os pais, além da ampliação do horário de atendimento da Sala de Vacinação até às 20h, nesta semana, foram fundamentais para que os objetivos fossem atingidos. "Melhor herança que os pais podem deixar para os filhos é deixá-los com saúde e nisso entra a vacina que previne muitas doenças", finaliza Silvana.

Fonte: Prefeitura de Maracajá