O objetivo de conscientizar sobre a poluição causada por microlixos, pequenos resíduos como papéis de bala, jogados diariamente no pátio e nos arredores da Escola de Educação Básica Castro Alves, se transformou em uma ação que também pauta a solidariedade à família de catadores. A ação foi a pauta principal da Feira de Ciencias do colégio, ocorrida na última sexta, 25. Durante a ocasião, houve exposição de arte com materiais reciclados.

De acordo com uma das professoras idealizadoras da ação, Gisele de Melo, a ação, que está colhendo doações para beneficiar uma família de catadores, que precisava de uma carrocinha para realizar o serviço, aflorou sentimentos nos estudantes. "Mobilizamos a questão emocional deles e também falamos muito sobre sustentabilidade. Eles se envolveram com a família e também aprenderam a reciclar os lixos".

Segundo a estudante Nicole dos Santos, a iniciativa ajuda na construção de um mundo melhor. "Recolhemos bastante lixo e reciclamos tudo. É bom porque a gente faz a nossa parte para um planeta mais limpo e melhor", disse. Para maiores informações e possíveis doações, os responsáveis pela ações podem ser encontrados pelo número (48) 3522-1197.