Referência no mercado, a AgroPonte movimenta o setor e é uma grande vitrine para seus expositores. “Dentre os muitos predicados do estado de Santa Catarina, a diversificação das atividades econômicas e culturais se destacam pelas suas importâncias e potencialidades”, comenta o diretor da NossaCasa Feiras & Eventos e idealizador da AgroPonte, Willi Backes.

Formado por três microrregiões – Associação dos Municípios do Extremo Sul Catarinense (AMESC), Associação dos Municípios da Região Carbonífera (AMREC) e Associação de Municípios da Região de Laguna (AMUREL) – o sul catarinense possui 45 municípios e tem população estimada em 950 mil residentes. “Estima-se que mais de 80% das comunidades tem o agronegócio e/ou a agricultura familiar como a principal atividade econômica”, acrescenta.

Este ano, mais de 40 associações e cooperativas da agricultura familiar vão expor seus produtos no evento. “A AgroPonte novamente mostrará e demonstrará as potencialidades empreendidas e representativas no que se refere à agricultura e diversificada pecuária da nossa região”, enfatiza Backes.

Além das cooperativas, haverá inúmeras opções de tratores, máquinas, colheitadeiras, ferramentas, insumos, tecnologias e agentes para o financiamento da produção.

Leilão AgroPonte e Exposição de Animais

Dentro desta 7ª edição da AgroPonte, ocorre ainda a 5ª Feira e Exposição Estadual de Animais, com bovinos PO e PC Brahman, Red Angus, Aberdeen Angus, Charolês, Jersey, Bradford, Brangus e Nelore, Equinos Cavalos Crioulos, Ovinos Doper, Poli Dorset, Texel, Santa Inês e Suffolk, Peixes Tilápia do Nilo, Cascudo e Carpa Húngara, Aves Ornamentais e Coelhos.

Além disso, ocorre ainda o 2º Leilão AgroPonte com inédito formato de leilão de bovinos comerciais com venda direta do criador para o pecuarista de terminação. “Dentre os objetivos fundamentais, a AgroPonte tem por norma respeitar e fazer respeitar a legislação vigente quanto ao que determina o controle sanitário na produção alimentar e regularidade na criação e manejo animal para, desta forma, conquistar conceito, respeito e ser referência importante dentre as iniciativas coletivas do setor do agronegócio de Santa Catarina”, acrescenta.

Capacitação técnica

Outra característica forte da AgroPonte é o incentivo ao conhecimento técnico. Neste ano haverá diversas palestras e cursos para debate e aumento na capacitação dos participantes, como o “2º Seminário Regional de Gado de Corte”, o “Compras Institucionais de Alimentos da Agricultura Familiar” e o “1º Simpósio Sul Catarinense do Cavalo Crioulo”, que será acrescido de “Mostra Morfológica do Cavalo Crioulo”, organizado pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos Sul Catarinense (NCCCSC).

“A organização e realização da Feira e Exposição AgroPonte 2017 tem as efetivas participações de mais de 20 entidades e organizações com atividades relacionadas à produção na agricultura e pecuária catarinense”, finaliza Backes.

Horários:

16/08, quarta-feira: das 17h às 22h
* Abertura oficial às 19h30
17/08, quinta-feira: das 14h às 22h
18/08, sexta-feira: das 14h às 22h
19/08, sábado: das 10h às 22h
20/08, domingo: das 10h às 18h