Com o objetivo de tornar as eleições mais seguras e prevenir fraudes, está sendo  realizado pela Justiça Eleitoral em todo país, o cadastramento biométrico, um procedimento tecnológico que permite identificar a pessoa através das impressões digitais.

De acordo com a chefe de Cartório da 1ª Zona Eleitoral de Araranguá, Joanna Silveira Mendes de Oliveira, em  Araranguá, o procedimento ainda não é obrigatório. "Alguns municípios estão fazendo de maneira obrigatória, com revisão do eleitorado, o que não é nosso caso. Aqui, os eleitores não são obrigados, mas aconselhamos que venham e façam o cadastro para evitar filas e transtornos depois, quando se tornar obrigatório", explica.

Uma facilidade para quem quer fazer o cadastramento biométrico é o agendamento. "Quem faz o agendamento tem prioridade e aconselhamos fazê-lo. Para quem não se importar em esperar, nós distribuímos as senhas. Mas quem chegar e tiver feito agendamento será atendido no horário", relata Joanna.

O agendamento pode ser feito pelo site do TRE-SC (www.tre-sc.jus.br).

Procedimento

Para realizar o cadastramento é bem simples e leva aproximadamente 15 minutos. "Basta vir ao cartório com documento de identidade e comprovante de residência no caso de título novo ou transferência. Se quiser só fazer o cadastramento e continuar votando no mesmo local, é só trazer a identidade. Para fazer título novo, além destes documentos, os meninos que já tiverem completado 18 anos precisam do certificado do alistamento militar", esclarece.

Próximas eleições

Ainda segundo a chefe de Cartório, a próxima eleição ainda será mista. "Será tanto com a identificação biométrica quando com a identificação civil, portanto, quem não conseguir fazer ainda poderá votar levando o documento de identidade, assinando o caderno de votação. Quem já tiver feito, será somente com a biometria e não precisa assinar o caderno, mesmo assim, será preciso levar a identidade".

O cartório funciona de segunda a sexta-feira, das 12h às 19h. Para mais informações (48)35240494.