A ULBRA Torres promoveu a 4ª Semana ULBRA de Acessibilidade durante os dias 22 a 27 de maio, abordando a temática Acessibilidade: Cultura do visível e/ou do invisível? A série de atividades programadas envolveu os estudantes, professores e a comunidade.

A coordenadora de Extensão, Pesquisa e Pós-Graduação na ULBRA Torres, Inês Jacques, destacou que “a Universidade Luterana do Brasil - ULBRA, por sua missão institucional estreitamente vinculada aos mais elevados valores humanos, se constituiu em Instituição de Ensino Superior pioneira no meio acadêmico nacional, ao criar, há 16 anos, o Centro de Estudos Surdos, posteriormente renomeado para Instituto de Pesquisa em Acessibilidade – IPESA, então vinculado à Fundação ULBRA (FULBRA). Em 2011, com o processo de reordenamento institucional, passa a chamar-se Programa Permanente de Acessibilidade – PPA. No PPA, destacamos uma das atividades que o compõe: a SEMANA ULBRA DE ACESSIBILIDADE que tem como um dos objetivos conscientizar a comunidade universitária sobre a capacidade e as contribuições que as pessoas com deficiência podem oferecer, além de fomentar o respeito pelos seus direitos e pela sua dignidade, assim como combater preconceitos e práticas nocivas, apresentamos em sua proposta ações complementares visando à convivência com a diversidade humana, além de formas de promover a acessibilidade”.

Confira a programação:

- Exposição e debates sobre Acessibilidade: Cultura do visível e/ou do invisível? Com estudantes de Sociedade e Contemporaneidade.
- Fórum de debate sobre Mobilidade Urbana através das fotografias do cotidiano das cidades da região com estudantes de Cultura Religiosa.
- Palestra sobre Acessibilidade e Interfaces do Homem X Computador, do curso CST em Análise e Desenvolvimento de Sistemas refletindo as tecnologias e a acessibilidade.
- Contando Histórias de Acessibilidade com o curso de Pedagogia.
- Debate Acessibilidade: um caminho a ser construído, com estudantes da modalidade EAD.
- Seminário com a temática Acessibilidade: um direito por lei a ser garantido, com estudantes de Direito.
- Exposição de banner do curso de Arquitetura e Urbanismo – Acessibilidade: Princípios do desenho universal.
- Atividade prática temática: Experiência da deficiência, com estudantes de Fisioterapia.

Fonte: Gabriel de Mello - Assessoria de Comunicação ULBRA – Universidade Luterana do Brasil