A Adear (Associação de Deficientes Físicos de Araranguá) esteve nesta quinta-feira, 30, reunida com o prefeito municipal, Mariano Mazzuco Neto, no gabinete dele. O motivo foi a solicitação do terreno que foi doado em Dezembro de 2016 pela Prefeitura para a construção da nova sede e também o sedimento do recurso municipal que é direcionado a Associação mensalmente.

Durante a reunião, a presidente eleita da Adear, Marlene Fernandes, contou ao prefeito sobre a doação de uma área que foi autorizada pela Câmara de Vereadores de Araranguá e no mesmo instante ele procurou atualização sobre o processo da doação. Segundo o prefeito, o município precisará fazer um desmembramento, e isso já está passando por um processo burocrático. “Precisamos depois que resolvermos essa parte esperarmos até que a escritura esteja pronta, para que aí sim eu possa assinar. Gostaria de assinar logo, mas minha parte só poderá ser feita quando tiver que ir ao Cartório rubricar”, alegou Mariano. O prefeito disse que a área do terreno é de 600,2m e será localizado as proximidades da Escola da Nova Divinéia.

Mazzuco afirmou que a partir do início de Maio a documentação e parte burocrática referente a doação do terreno já terá sido desenvolvido para que aconteça a assinatura.
Sobre o recurso encaminhado a Associação, a assistente social da Adear, Rosana Marcolim, já providenciou a documentação e agora deve aguardar o resultado da solicitação.

Além dos associados, o vereador Paulo Rodão também acompanhou a audiência.

Fonte: Natália Silveira