Você conhece todas as secretarias do governo municipal? Sabe a finalidade de cada uma delas? Pensando em facilitar o acesso da população às principais pastas da administração, a Revista W3 lança uma nova série de reportagens. “Por dentro do governo” irá trazer as principais informações, serviços disponibilizados, responsáveis e horários de atendimento de cada uma das oito secretarias municipais. Iniciamos pela pasta com a maior demanda, a secretaria de Saúde.

Raio X

Secretária: Evelyn Elias
Endereço: Rua Coronel Apolinário Pereira, 254, bairro Centro
Telefone: (48) 3903 – 1900
Horário de Funcionamento: 7h ao meio dia
Atendimento da secretária ao público: 8h ao meio dia
Número de funcionários: aproximadamente 400

Principal projeto: informatizar o prontuário das unidades até o mês de agosto – medida que deve amenizar a fila de espera no atendimento

Serviço de Atenção Domiciliar
Núcleo de Atenção à Saúde da Família
Agendamento de exames laboratoriais
Serviços de Ultrassom – obstétrico, vaginal, mama e em caráter de mutirão outras demandas como: abdômen total, vias urinárias...
Mamografia
Serviço de Saúde da Mulher – acompanhamento à gestantes de médio e alto risco
Programa de Combate ao Tabagismo
Vigilância Epidemiológica (controle de doenças)
Vigilância Sanitária (fiscalização em comércio de alimentos)
Serviço de Atenção Especializada (doenças infecciosas)
CAPS
Ambulatório de Álcool e Drogas
Serviço Social
Rede Feminina de Combate ao Câncer
Ambulatório de médias especialidades – doenças como diabetes e hipertensão
Farmácia Municipal
Almoxarifado com dispensasão de remédios por ordem judicial – maior gargalo da secretaria
Fisioterapia Municipal – que atende em outra sede
Bem-estar animal – que atende anexo à Fama
Transporte de pacientes – diariamente para Criciúma e Florianópolis
Programa de Saúde Bucal nas unidades
CEO – Centro de Especialidades Odontológicas
NAP – Núcleo de Apoio a Saúde Escolar

Unidades Básicas

Araranguá possui 14 Unidades Básicas de Saúde que são responsáveis por atender aproximadamente 85% das demandas da população. Por isso, o primeiro atendimento deve ser feito em uma destas unidades. “Toda a parte de agendamento de consultas deve ser realizado direto na unidade básica de Saúde. Alguns exames e pequenas cirurgias também podem ser feitas por lá, por isso, é muito importa que antes de tudo, o cidadão se direcione primeiro ao posto de Saúde”, destaca Evelyn.

Rotina de atendimentos

Todos os dias às 7h, a secretária Evelyn Elias já está a caminho de uma das unidades de Saúde de Araranguá. Em casa visita, ela analisa os atendimentos, o andamento dos trabalhos, a infraestrutura e detecta as principais necessidades. “Eu entro e vou passando em cada setor sem conversar com ninguém, apenas observando”, acrescenta.

Uma hora depois, ela já chega à secretaria e inicia o atendimento ao público. A cada manhã ela recebe, em média, 30 pessoas em sua sala. “Tem pessoas que vem apenas nos cumprimentar pelo trabalho, outras vem tirar dúvidas, ou fazer alguma solicitação. Atendo com prazer todas as pessoas que vem até aqui, mas é sempre melhor que as pessoas procurem primeiro a unidade básica de Saúde, para depois vir até nós”, destaca.

À tarde, o momento é de sentar com a equipe e analisar as principais demandas e projetos da secretaria. “Assumimos a gestão agora, mas já estamos trabalhando no desenvolvimento de diversos projetos voltados à saúde e bem estar da população”, finaliza a secretária.