Vertente da economia solidária, APV intermedia acesso a produtos e serviços para proprietários de veículos automotores na região do Vale

A união faz a força. Pensando assim, o associativismo aparece como um importante instrumento no estabelecimento de uma identidade a um determinado grupo de pessoas, que através da economia solidária, se unem buscando uma vida melhor para o coletivo, ao contrário da ideia egoísta do benefício próprio.

Na economia solidária, uma corrente do bem que integra quem produz, quem vende, quem troca e quem compra tem como base os princípios de autogestão, democracia, solidariedade, cooperação, respeito à natureza, comércio justo e consumo solidário. Além de atuar como reforçador da identidade, através do associativismo, os envolvidos praticam e se beneficiam de ideias capazes de burlar as crises econômicas e propiciar o desenvolvimento a seus integrantes, independente de governos.

Em pouco mais de oito meses de atuação no Vale do Araranguá, a APV - Associação de Proprietários de Veículos Automotores do Sul do Estado de Santa Catarina já conta com mais de 1,3 mil associados, que juntos, conseguem boas negociações em valores acessíveis para aquisição de produtos, serviços e insumos. Desta forma, cada associado consegue comprar combustíveis, peças, pneus, mecânica especializada e até mesmo academias de ginástica, farmácias, escolas e faculdades particulares a preços muito atrativos. Hoje, 30 estabelecimentos comerciais são conveniados à APV, mas o número de parceiros vem crescendo cada vez mais.

Além de intermediar a negociação com os parceiros comerciais, a APV ainda atua como prestador de serviços de rastreamento, monitoramento e proteção veicular. O cálculo é simples: cada associado para uma parcela de R$ 29,99 mensais para obter os benefícios oferecidos pela entidade sem fins lucrativos. Caso o associado quiser agregar o serviço de proteção veicular, a mensalidade sobe para apenas R$ 59,99, para veículos avaliados em até R$ 36 mil.

"O associativismo é uma forma de valorizar o trabalho local, tornar a economia circulante em uma região e driblar a dificuldade econômica do país. A parceria e a cooperação fortalecem as negociações e estimulam o crescimento de uma comunidade, cidade, região", defende o gestor Marcos Patrício, que está a frente da entidade desde sua instalação. Para o profissional, graduado em Ciências Contábeis e pós graduado em Direito , e que soma em seu currículo multinacionais como Nestlé, Coca Cola, TIM, CLARO, e VIVO, a APV está em harmonia com os mais atuais princípios de economia solidária, que para ele, estão norteando as relações de consumo presentes e para o futuro.

Na Associação, que além da gerência de Marcos Patrício, conta com a colaboração de outros dez funcionários, nenhum associado fica sem alternativa nas horas de maior necessidade: há na entidade um guincho 24 horas, disponibilizado para os membros da instituição.

Para mais informações sobre benefícios, esclarecer dúvidas, conhecer serviços e se associar, basta entrar em contato com a APAV pelos fones (48) 3524-0344e (48) 9947-9997, ou pelo sitewww.apvsc.com.br