Pedalar é mais que um hobby para o contador Edio Silveira, é um estilo de vida. Adepto do ciclismo há longa data, ele divide com o filho Gabriel, de 16 anos, a liberdade de se venturar pelo mundo sob duas rodas. Juntos, eles praticam o esporte em um dos pontos mais paradisíacos de Araranguá, o Morro dos Conventos. Mas apesar da rodovia oferecer boas condições aos motoristas, o mesmo não se pode dizer dos ciclistas.

Assim como Edio e Gabriel, existem muitas pessoas na região que adoram pedalar até o Morro dos Conventos. Mas cada vez mais, as condições da rodovia ARA-227 têm afastado os ciclistas do trajeto. Por este, e outros motivos, a empresária Gisa Espanhol organizou no último sábado, (14/11), o Passeio Ciclístico com as autoridades. Conforme ela, o objetivo foi levar os políticos a fazer o trajeto de bike, para que eles tenham conhecimento, de fato, da importância de a ciclovia sair do papel.

Para isso, Gisa ressaltou que foi duas vezes à Câmara de Vereadores, onde convidou todos os legisladores araranguaenses, assim como também mandou e-mail à três deputados e visitou o gabinete do prefeito, que não se encontrava devido a uma viagem à Brasília. “Destes, somente dois vereadores se importaram em dar uma reposta,” relembrou Gisa.

Apesar de ser um evento realizado em prol das autoridades políticas, nenhuma delas compareceu ao passeio. No entanto, isso não conseguiu tirar do evento a atenção que os organizadores queriam chamar. Ao todo, 50 pessoas compareceram e realizaram o trajeto de bike. “Nosso objetivo foi cumprido e ele não vai parar por aqui,” prometeu Gisa.

O potencial turístico sendo desperdiçado

Em entrevista à W3, Gisa Espanhol não só desabafou a frustação por nenhuma autoridade política do município ter comparecido ao evento, como também comentou sobre o tema. Com a bandeira da ciclovia em mãos, ela não pretende deixar este assunto cair no esquecimento, e para isso  já se municia de novos meios para chamar a atenção dos moradores e autoridades políticas.

De acordo com ela, ainda nesta semana dois outdoors convocando a população para o próximo passeio ciclístico, que ocorrerá no dia 12 de dezembro, vão ser colocados na Cidade. “Esta bandeira não pode cair no esquecimento. Existem muitos adeptos em Araranguá, e na região, do ciclismo, além dos moradores que também utilizam a bike como meio de transporte. E a rodovia ARA-227 não oferece nenhuma segurança a quem trafega por ali de bicicleta. As promessas precisam sair do papel, queremos prazos e datas efetivas,” pontuou.

Gisa ainda revelou que fez uma pesquisa nas principais lojas do ramo de Araranguá e descobriu que foram vendidas aproximadamente mil bicicletas somente este ano. Com estes dados em mãos, ela pretende pressionar ainda mais o governo municipal à se comprometer com uma data para concluir o projeto da ciclovia do Morro dos Conventos.

“E no dia 12 de dezembro, quando ocorre a próxima manifestação, vamos pedalar pela Avenida Quinze de Novembro, retornando pela Sete de Setembro, parando no Calçadão. Nosso objetivo é fechar o Calçadão e só sair de lá com uma proposta concreta do prefeito,” afirmou a organizadora.