AssCom Araranguá - Especial W3

Araranguá

Em iniciativa da Associação Bom Pra Bicho, com a parceria com a Prefeitura de Araranguá, por meio das secretarias de Saúde e Educação, Fundação Ambiental do Município de Araranguá (FAMA), e Instituto Bicho Urbano, cem animais foram castrados neste último fim de semana. Cães e gatos foram levados à Escola Estadual, para o procedimento cirúrgico durante as manhãs e tardes de sábado e domingo, 30 e 1º.  O valor social cobrado foi de R$ 80 e mais R$ 20 caso a pessoa quisesse levar o medicamento pós-operatório. Esta foi a segunda ação realizada no município neste ano. O primeiro mutirão ocorreu em março e o próximo está agendado para ocorrer em julho.

Dos cem animais castrados, 32 foram custeados pelo município em apoio a cuidadores que possuem mais de dez animais em pátios de suas casas e devidamente cadastrados no Programa Saúde Bem Estar Animal. A presidente da Associação Bom Pra Bicho, Maria Helena Périco da Silva, agradeceu o apoio recebido para castrar os animais. “Este mutirão temos o apoio e voluntários que não medem esforços para estarem aqui. É sempre importante ressaltar que as pessoas precisam ter consciência de não abandonar os animais e a castração, além de diminuir a população canina e felina, faz bem à saúde dos animais. Quero ainda agradecer a administração municipal em nome do prefeito Sandro Roberto Maciel por ter a sensibilidade e apoio à causa animal, ao SESC que está sempre conosco e à direção da Escola Estadual que cedeu o espaço para os procedimentos”, agradece.

De acordo com o prefeito Sandro Roberto, a iniciativa merecer total apoio da administração. “Em nosso município há pessoas sensíveis que recolhem animais da rua e não podem castrá-los, por isso a necessidade da cirurgia. Fazendo isso estaremos impedindo a proliferação de animais nas ruas. É importante ainda o bom senso das pessoas em não abandonar os animais. Nós acompanhamos os trabalhos da Associação Bom Pra Bicho e do Instituto SOS Bicho Urbano e estamos a tentos às demandas sempre que somos solicitados”, afirma o prefeito.