Essa história de superação e iniciativa partiu da união de quatro atletas araranguaenses, que tem muito folego para encarar as estradas da vida. Eles, têm algo em comum: Gostam de bater pernas, mas, no bom sentido é claro. O gosto pela corrida amadora acabou fazendo o destino de Juliano, Jonatas, Cristian e do Luan se cruzar.

Pelo menos três vezes por semana se encontram para treinar realizando corridas pelas ruas de Araranguá e da região. A equipe ainda não tem um nome definido. Preferem ser chamados de quarteto anônimo por enquanto.

Juliano Belmiro Silvano, de 37 anos, é o veterano do grupo, e está, no esporte há 3 anos, quando trocou o futebol pela corrida amadora. Nesse período de corredeira já participou de importantes campeonatos do gênero no Estado e também no País. Coleciona dezenas de medalhas, e, também, troféus.

O atleta destaca que, uma das mais importantes competições que já participou em sua carreira, foi a Mizzuno UpHill 2018.

“Essa para mim foi a mais desafiante até aqui. Consiste em 42 quilômetros de corrida com largada na cidade de Treviso, percorrendo a subida da Serra, com chegada lá no mirante do Rio do Rastro. Eu demorei 3 horas e 59 minutos para completar o trajeto. Fiquei na posição 59 no ranking geral masculino, que tinha 545 corredores”, explica Silvano, que irá tentar uma colocação melhor na Mizzuno UpHill 2019, que ocorrerá no dia 31 de agosto.

Já o calouro Jonatha Fernandes Machado, de 26 anos, irá participar pela primeira vez de competições do gênero. No dia 23 de junho, ele e o veterano Juliano, estarão na capital de Santa Catarina. A dupla estará representando Araranguá na Maratona Internacional da Cidade de Florianópolis.

“Estou vivendo uma expectativa muito grande por saber que uma pequena parcela da humanidade, desse universo de competidores, que já completou uma maratona internacional como essa. Espero me superar”, revelou empolgado, Fernandes.

O quarteto ainda está pensando em um nome para a equipe. Assim como em todo esporte amador, os atletas amadores estão tentando superar o maior desafio da caminhada: a falta de patrocínio. Quem quiser, e puder dar pernas e folego para o grupo, pode virar patrocinador ou contribuinte voluntário. O número de telefone celular para contato é o: (48) 999827360.