O evento que iniciou no sábado pela manhã com uma grande carreata pela cidade, com mais de trinta competidores que chegavam para o evento, surpreendeu o centro da cidade. No total foram 141 inscrições nas competições.

À tarde do dia 27 foi marcada por um momento de inclusão. Entidades que atendem pessoas com alguma deficiência foram convidados para participarem de um passeio nas embarcações. Uma das entidades participantes foi da ADEAR, Associação dos Deficientes Físicos de Araranguá, que marcou presença. A ESAD com os alunos do projeto da Associação de Esportes Adaptados (Esad) de Imbituba também participaram.

Na noite de sábado aconteceu a Remada Noturna. Já na manhã de domingo,27, na Grande Remada os participantes foram até a Foz do Rio Araranguá. À tarde do domingo foi marcada pelas competições na “Full Race” com provas de velocidade e habilidade nas embarcações.

Foram nove categorias: Caiaque: oceano, turismo, olímpico, passeio (masculino e feminino); stand up (masculino e feminino); canoa havaiana. Foram entregues troféus até o quinto colocado em cada categoria e sorteados presentes entre os participantes.

Jorge Figueredo do Grupo de Remo Remada Sul disse que o evento foi 100%. “O momento dos jovens da ADEAR nas embarcações, foi marcante pela expressão de alegria dos seus rostos”, destacou.

“A avaliação é ótima. Bom para a cidade, para o município divulgar o esporte e o turismo de lazer”, frisou o diretor de Turismo, do município, Giovani Rosa.

Os vencedores serão divulgados nesta segunda-feira, 29, pelo Grupo de Remo Remada Sul.

Fonte: Assessoria de Imprensa