Ele é campeão dentro e fora dos ringues, possui uma trajetória inspiradora, marcada principalmente pela determinação e ousadia. Estamos falando do único pugilista araranguaense a ocupar merecido destaque no cenário do boxe profissional do país atualmente. Davi Estevão, ou simplesmente Davi Ell Rei como é conhecido no ringue, aos 24 anos de idade, é uma das novas promessas do Boxe em Santa Catarina. O atleta araranguaense que se dedica ao esporte desde os 15 anos de idade, já participou de muitas competições, todas elas realizadas nos últimos dois anos, quando percebeu que além de talento, tinha perfil para fazer do esporte uma profissão.

E são os números que provam a habilidade de Davi. O atleta que recentemente participava de competições na categoria amador, agora luta profissionalmente e está federado figurando inclusive no BoxRec, o ranking mundial de boxeadores, ao lado dos maiores nomes do boxe internacional. Desde que iniciou no esporte, entre amador e profissional, já foram 50 lutas e apenas duas derrotas. Davi Ell Rei integra Confederação Nacional de Boxe e acumula troféus, medalhas e títulos.

Atualmente ele é Campeão Sul Brasileiro de Boxe, cinturão conquistado em Jaguarão no Rio Grande do Sul, onde competiu com atletas do Uruguai e de outros países latinos. Além de nocautear o adversário considerado favorito no segundo round onde estavam previstos dez, o atleta teve sua luta considerada a melhor da noite.

Um atleta profissional

Uma máquina em cima dos ringues. Dono de dez títulos mundiais, invicto há 18 anos, com 50 vitórias, apontado como o maior boxeador da atualidade, com 4,75 milhões de seguidores no Twitter, o americano Floyd Mayweather é o grande ídolo e também a grande inspiração para Davi. Agora, ele se orgulha de fazer parte de um ranking onde estão só os melhores do mundo, ao lado do também brasileiro Patrick Teixeira, maior destaque do país no boxe mundial . “Sempre sonhei em fazer parte deste time de lutadores campeões e lutei muito, em todos os sentidos para entrar no ranking mundial, pois só é considerado atleta profissional quem está no BoxRec”, explica.

Defendendo o título

Depois de duas lutas e duas vitórias no boxe profissional, Davi se prepara para voltar aos ringues e defender seu título Sul Americano conquistado em solo gapucho. A luta acontece no dia 21 de janeiro, ao ar livre, em Balneário Gaivota. Para buscar mais uma vitória, Davi treina pesado, no mínimo três vezes ao dia e faz lutas com competidores de outras academias. O renomado e experiente treinador Sergio Macedo natural do Rio de Janeiro é quem comanda todas as sessões de treinamento. “Aprendi com o Boxe, muito além do esporte. Disciplina, responsabilidade, dedicação, respeito e me tornar um ser humano melhor a cada dia. Agradeço à Deus todos os dias por ter permitido o Boxe entrar na minha vida, pois hoje o boxe é a minha vida”, conta emocionado.

Pizzaria Alternativa é parceira do esporte

Não é novidade para ninguém que os esportes no Brasil estão sempre às voltas com problemas de investimento financeiro e quando o assunto são artes marciais, descolar algum patrocínio é um grande desafio. Até o boxe, responsável por criar alguns ídolos brasileiros como Maguila e Acelino "Popó" Freitas, encontra dificuldades no momento de negociar patrocínios.

Realidade sentida na pele por Davi, mas que a Pizzaria Alternativa está ajudando a mudar. É que para manter o boxeador treinando ele precisa de dedicação total à modalidade. O empresário Neném, proprietário da empresa, abraçou a carreira do pugilista araranguaense e tornou-se patrocinador oficial, auxiliando de todas as formas. Os planos agora são de crescimento. Com apoio da Alternativa, Davi já se prepara para embarcar para os Estados Unidos onde vai lutar e buscar experiência internacional. Ele também planeja realizar em Araranguá, sua terra natal uma luta valendo título.

Fonte: Fotos: David Cardoso- Revista W3