Eduardo Souza
24/09/2018 09h42 - Atualizado em 05/10/2018 11h17

Lédio Rosa, candidato a senador, visita Grupo W3

Sua candidatura tem como objetivo defender os direitos e a cidadania do povo catarinense

Lédio Rosa, candidato a senador, visita Grupo W3

O Desembargador Aposentado do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, Psicólogo, Escritor, Advogado e Professor concursado do Curso de Direito da Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC, Lédio Rosa é candidato a senador pelo Partido dos Trabalhadores de Santa Catarina. O candidato esteve em Araranguá e passou pela redação do Grupo W3 e falou sobre seus planos se for eleito. Confira:

Grupo W3: Porque o senhor resolveu após uma grande carreira se envolver com a política?

Lédio Rosa: A mudança só ocorre quanto nós nos envolvemos, com a minha candidatura busco levar para o senado federal a minha longa experiência que tenho em minha vida, desta forma, garantido direitos da população brasileira.

Grupo W3: Como o senhor avalia a sua campanha?

Lédio Rosa: Eu estou fazendo uma terceira faculdade, estou aprendendo muito por onde vou, em todos os cantos do nosso estado. A campanha eleitoral está muito positiva, tanto pessoalmente como partidariamente.

Grupo W3: O que o Extremo Sul pode esperar do senhor como senador?

Lédio Rosa: Quando o PT governou o país a região recebeu muitos investimentos, como a BR -101, institutos federais e a universidade federal. Tenho convicção que o problema está na má administração do governo do estado. Há mais de 50 anos um mesmo grupo governa o estado e agora estão separados, mas sabemos que ao mesmo tempo estão juntos. Mas irei lutar junto com o Haddad como presidente, e do Décio Lima como governador para trazer mais desenvolvimento para a região.

Grupo W3: Quais serão as principais pautas do senhor enquanto senador?

Lédio Rosa: Eu tenho três lemas, o primeiro é resgatar a dignidade na política, não é bom a política ser sinônimo de corrupção, sei que os políticos devem fazer por merecer, e eu irei com meu mandato, auxiliar para mudar esta realidade, o segundo é garantir direitos, quero batalhar muito para que o povo não tenha a diminuição de seus direitos, pois eles devem ser ampliados e não retirados, o último lema é fazer as leis e as reformas necessárias que o pais precisa.