Maiara Possamai
21/09/2018 16h37

Volnei Weber quer fazer a diferença como deputado Estadual

Em visita à redação, o candidato falou sobre a campanha à deputado Estadual

Volnei Weber quer fazer a diferença como deputado Estadual

Neste período eleitoral, as portas da redação do Grupo W3 estão abertas para receber os candidatos ao pleito. Nesta semana, a reportagem recebeu a visita do candidato a deputado Estadual Volnei Weber, de São Ludgero, que concorre a primeira vez ao cargo. Confira a entrevista:

O Senhor já foi vereador e prefeito por dois mandatos em São Lugdero. Como surgiu a oportunidade de se candidatar a deputado Estadual?

Após cumprir meu primeiro mandato como vereador, chegou o convite para me candidatar a prefeito da cidade. Disputamos e eleição e vencemos. Depois do primeiro mandato, surgiu a oportunidade de disputar a reeleição e eu e meu vice – o mesmo nas duas gestões – fomos reeleitos com o maior índice de aprovação do país – 80% dos votos. Trabalhamos em prol do desenvolvimento de São Ludgero, tendo sempre a população como nossa principal aliada, ouvindo seus anseios. Nos tornamos a primeira cidade do Brasil a ter uma rede de esgoto 100% tratada, tanto na área urbana, quanto rural. Este trabalho chamou a atenção e recebi o convite para me candidatar a uma cadeira da Assembleia Legislativa. Aceitei porque sou um homem humilde, batalhador, corajoso e honesto e com estes princípios é que quero trabalhar pelo estado.

Dos candidatos que já passaram por aqui, alguns concordam, outros discordam da afirmação de que a nossa região é a mais pobre do estado de Santa Catarina. Qual sua opinião sobre este assunto?

Particularmente eu não vejo nossa região como pobre, somos ricos em recursos naturais, trabalho e pessoas batalhadoras. O que nos falta, a meu ver, é oportunidade! Acredito que a exemplo de outras regiões do estado, que se desenvolveram economicamente após a duplicação da BR 101, a nossa também será assim. A obra de duplicação ainda é recente por aqui, mas algumas coisas estão começando a mudar. Então, acredito que nos próximos anos teremos muitos bons frutos a colher. Além disso, claro, é preciso que os representantes daqui olhem mais pela região – o que estou comprometido a fazer.

Falando em propostas de trabalho. Quais seriam as suas principais bandeiras para a região?

Eu não faço promessas, entendo que nenhum candidato fala que vai trabalhar menos pela Saúde, menos pela Educação, menos pela Segurança... eu também, claro, vou buscar sempre mais para estas e outras áreas que o nosso estado precisa, porém não vou me comprometer com nada que não possa cumprir. Se eleito, o meu modelo de trabalho será semelhante à minha gestão como prefeito: deixarei meu gabinete aberto para receber as pessoas, as lideranças de cada município e ouvir os seus anseios. Ninguém conhece mais as necessidades de uma região do que aqueles que moram nela, portanto, o meu mandato será compartilhado com a população. Até porque, acho importante frisar, que um deputado não tem o poder de executar ações, mas de lutar para que elas aconteçam. Conto com o voto das pessoas do Extremo Sul para buscar um estado melhor a todos nós.