Rocha, representante da comunidade Espigão Grande foi escolhida Rainha da 27ª Festa do Colono de Maracajá, na noite de sábado, 14, concorrendo com outras 16 candidatas. Rafaela Alexandre de Bem, do Cedro e Amanda Premoli Serafim, do Centro, são, respectivamente, 1ª e 2ª Princesas. A escolha ocorreu no ginásio do Centro Esportivo Municipal Antônio da Rocha, que recebeu sua lotação máxima. A noite terminou com show da Banda Matusa.

A Festado Colono de Maracajá, ocorre de 20 a 22 deste mês, no mesmo local, e tem uma programação voltada às famílias agricultoras do município. “A agricultura responde por 40% da economia de Maracajá e é para quem faz esta economia girar que fazemos esta festa, mas todos são bem-vindos” explica o coordenador da Comissão Central Organizadora (CC), Luiz Martinello, o Neguinho.

Diretor do Departamento Municipal de Agricultura de Maracajá, Martinello ressalta que outra preocupação da organização é evitar que o agricultor, sua família e os demais visitantes, sejam explorados comercialmente. Quem se candidata a comercializar produtos no local tem que seguir uma filosofia do menor lucro possível, sem que a qualidade seja ameaçada, ressalta.

Os parques de diversões com brinquedos movidos a energia elétrica, com montanhas russas e outros brinquedos desta natureza, não integram as estrutura do Centro Esportivo Municipal. “As crianças brincam, gratuitamente, em um parque montado no ginásio de esportes, com brinquedos infláveis e há distribuição de pipoca, algodão doce e refrigerante”, informa Neguinho.

A festa envolve as 19 comunidades da Paróquia Nossa Senhora da Conceição de Maracajá, incluindo localidades de Araranguá, Forquilhinha e Içara, que fazem limites com Maracajá. Na programação está previsto Encontro de Casais Rurais e Encontro Regional de Agricultores, além de atrações culturais e as tradicionais olimpíadas rurais. Entre os shows destacam-se o do humorista Paulinho Mixaria, atendendo pesquisa entre as famílias, e o Grupo Tchê Barbaridade. Não há cobrança de ingressos.

No domingo, 22, conforme a tradição, uma missa campal é ministrada pelo Pároco de Maracajá, Padre Lucas Bombazar, seguida do desfile e benção de tratores e máquinas agrícolas e o não menos tradicional almoço. Já no sábado, 21, às 9h,l abre o Parque de Exposições do boi carreiro, artesanato, produtos e máquinas agrícolas. O encerramento do evento está previsto para 19h de domingo, com show de Neguinho e Emanuel.

Fonte: Prefeitura de Maracajá