Preocupados com as cirurgias que Rosa precisa e não são cobertas pelo SUS, amigos promovem feijoada beneficente no dia 24

Para quem tem amigos, não há dor que não possa ser superada. Exemplo disso é o oferecido pelos amigos de trabalho e familiares da comerciante Rosa de Fáveri, de Araranguá, que sofre de muitas dores na coluna e no quadril, sem conseguir andar: “As duas cirurgias que ela precisa fazer não são cobertas pelo SUS, e por isso, decidimos nos mobilizar para ajudá-la, porque ela é uma pessoa merecedora”, conta a amiga Priscila Peruchi.

Como alternativa para a coleta de doações favoráveis à cirurgia de Rosa, a família e as amigas que trabalham com ela no Center Fábricas decidiram criar uma feijoada beneficente. O projeto já está em andamento, e acontece no dia 24 de julho, a partir do meio dia, no Salão Paroquial do bairro Lagoão.

Além da aquisição dos convites, que custam R$ 20 e podem ser adquiridos pelo fone (48) 9988-2105, os voluntários precisam de doação de ingredientes para a feijoada, e também de brindes, que serão sorteados entre os participantes: “Para nós, é muito importante que a Rosa possa voltar a andar e a trabalhar com a gente. Quem comprar o ingresso, além de saborear uma deliciosa feijoada, estará prestando solidariedade a alguém muito especial. Por isso, a presença de todos é muito importante para nós”, finalizou a amiga Priscila.