Na ponta dos dedos, elas demonstram uma habilidade ímpar com a agulha, pelo olhar, uma atenção necessária e nas mãos, o resultado de um trabalho muito bem direcionado. Com o projeto “A Nona Também Fazia”, o Clube de Mães de Turvo está repassando importantes conhecimentos, que nos dias atuais, têm se perdido: a costura.

“Hoje a maioria das mulheres trabalham fora e com a correria do dia a dia estes conhecimentos foram se perdendo no caminho. E o objetivo deste projeto é o de resgatar este costume, que tinham nas nossas avós, as nonas, o símbolo desta tradição,” pontuou a professora do projeto, Anadir Ronchi Menegon.

Para isso, as atividades desenvolvidas em sala de aula são as mais variadas. Desde pregar botões a elaborar lindos enfeites de natal, confeccionado em feltro. Conhecimento, que segundo Anadir, deixam as alunas mais independentes. “Aqui elas não só aprendem a costurar, como a ter boas maneiras, a trabalhar com materiais recicláveis. São conhecimentos, que de certa forma, as deixam mais independentes,” comentou.

IMG_5792-300x200.jpg
Foto: David Cardoso

“A Nona também fazia” é realizado desde 2010, sendo as aulas ministradas durante o período escolar. Cada turma tem em média 15 alunas, contemplando também as crianças do CRAS e das casas de acolhimento do município. Durante o ano, as alunas confeccionam artesanatos conforme o tema que estiver em voga. Em novembro, por exemplo, elas estão tecendo enfeites de natal. Atividade que deixa a estudante Maíra Biz Contessi, em êxtase.

Maíra é uma das estudantes mais aplicadas da turma. Ela contou à reportagem da W3, que sempre teve interesse em participar do projeto. Três anos depois da primeira aula, a estudante já demostra uma habilidade peculiar no manejo com as agulhas. “A minha mãe não sabe costurar e eu sempre tive vontade de aprender,” disse. “São ensinamentos que eu vou levar para a vida toda, desde a costurar um botão a escolher um tecido,” pontuou a adolescente.

IMG_5800-e1448538371230-200x300.jpg

Tudo o que as alunas confeccionam, elas levam consigo para casa. E no dia 12 de dezembro, com a 7ª Exposição e Feira de Artesanato de Turvo, na Praça Frei Paulo Venezian Benincà, no Centro da Cidade, as pequenas vão poder mostrar à população tudo o que aprenderam em sala de aula. “Os trabalhos delas estão lindíssimos,” garante a coordenadora do Clube de Mães, Marta Elisabete Ribeiro Ávila.

Conheça o projeto

O “A Nona também fazia” ocorre todas as quartas e quintas-feiras, nos turnos vespertino e matutino, na sala do Clube de Mães, na prefeitura de Turvo.