O Empretec possui uma das melhores metodologias do mundo relacionada ao ensino do empreendedorismo. Há mais de 25 anos, o seminário é aplicado em diversos países, incentivando e formando centenas de novos empreendedores. E em Araranguá, uma nova turma de empretecos foi formada na Associação Empresarial de Araranguá e Extremo Sul Catarinense (ACIVA).

No último sábado (27), 24 empreendedores, vindos de toda a região, receberam das mãos do presidente da ACIVA, André Pietsch Serafin o certificado de empreteco(a); nome dado ao aluno que se forma no Empretec.

“Fico muito feliz em fazer parte de uma cerimonia tão importante, que está formando empreendedores para a sociedade, contribuindo com a economia local e nacional. Estão todos de parabéns por esta bela conquista. Agora, é colocar em prática tudo o que aprenderam na vida e nos negócios”, comentou Serafin.

De acordo com a secretaria Executiva da ACIVA, Josi Rochedo, o curso foi aplicado durante seis dias, proporcionando uma semana de muita adrenalina aos participantes. “Entre os dias 22 e 27 de julho, foram 8h diárias de muito aprendizado, tanto na teoria quanto na prática”, detalhou Josi.

O seminário Empretec utiliza uma metodologia aprovada pela Organização das Nações Unidas – ONU e é licenciado no Brasil pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). E em Araranguá, o Empretec foi aplicado pelos facilitadores Schirley Lolli e Mauro Camargo. Uma das novas empretecas, a assessora de Marketing, Thainy Martins Costa, 24 anos, se disse realizada com a experiência.

“Eu não sabia exatamente o que me esperava, mas há dois anos eu já sentia que devia participar do Empretec. Neste ano a semente ficou germinando até o momento que brotou, e foi transformador. Estou realizada”, detalhou Thainy, que é moradora de Sombrio.

Depoimentos

“Quando eu iniciei o curso, eu não tinha o conhecimento de algumas características da minha pessoa, para poder potencializar o que eu tenho de positivo e poder trabalhar minhas fraquezas. E ao longo do curso eu consegui identificá-las. Eu já estou há vários anos no mercado e mesmo assim sempre temos que nos atualizar e o Empretec foi uma dessas experiências que me surpreenderam”, Fabrício Tomé, 33 anos, Auto Center Tomé, Turvo/SC.

“O Empretec está agregando bastante valor. Tem certos conceitos que vão servir tanto na vida profissional, quanto pessoal. Ele vai te tirar as amarras, principalmente com relação as vendas e com a comunicação do teu negócio”, Charles Londero, 24 anos, Steckert Engenharia, Turvo/SC.

do Ateliê Ana Fiorini, revelou que nunca participou de um curso voltado ao empreendedorismo, tão intensivo.

Fonte: Assessoria de Imprensa