Com o objetivo de dar prosseguimento a assuntos que vão incentivar o crescimento econômico da região, a Associação Empresarial de Araranguá e Extremo Sul Catarinense (ACIVA) está mobilizando o Poder Público em torno de dois assunto, que a curto prazo devem trazer grandes resultados: Parque Industrial e o Sebrae.

Para debater o assunto, a entidade recebeu no final do mês de março, o secretário de Planejamento, Indústria e Comércio de Araranguá, Francisco Diello de Souza. Em um grupo de cinco diretores, liderado pelo presidente da ACIVA, André Pietsch Serafin, a reunião, que durou aproximadamente 1h, definiu algumas ações.


Parque Industrial

O Parque Industrial foi uma grande conquista de Araranguá, que viu crescer o interesse de empresários em se instalar na cidade. No entanto, 10 anos depois de ser implantado, está na hora de impulsionar novamente o local, para atrair novos investimentos, que vão aquecer a economia e gerar empregos.

Pensando nisso, a ACIVA e a prefeitura estão em conversas para agilizar o lançamento do edital, para chamar novos empresários, de Araranguá, e de outras cidades, para ocupar os imóveis que ainda estão vagos.

De acordo com o secretário, existem 12 imóveis nesta situação. “Vamos nos reunir novamente com a ACIVA, para trazer uma atualização do mapa com os imóveis que estão sob concessão, os que não estão nessa situação e os disponíveis. Com isso, vamos elaborar o novo edital de convocação para novas empresas que tenham interesse em se instalar no município”, revelou.

A expectativa, tanto por parte da ACIVA, quanto da prefeitura, é de lançar o edital ainda no primeiro semestre deste ano.


Ampliação do Parque Industrial

Outro assunto que esteve em voga durante a reunião foi a ampliação do Parque Industrial. Atualmente, o Parque, que fica localizado próximo a BR-101, possui espaço suficiente para um ampliação. “Temos a expectativa também de ampliar o Parque Industrial, para trazer um novo norte para a economia de Araranguá. Agora aguardamos uma reposta do prefeito, para saber se existe a possibilidade dessa ideia sair do papel ainda este ano”, destacou Serafin.


Sebrae pode vir para Araranguá

O Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) é uma entidade brasileira de serviço social, que objetiva a capacitação e a promoção do desenvolvimento econômico e competitividade de micro e pequenas empresas, estimulando o empreendedorismo no país.

E o objetivo da ACIVA é o de oferecer este serviço em breve em Araranguá, e região. Atualmente, os moradores do Extremo Sul precisam se deslocar até Criciúma, para serem atendidos pelo Sebrae, realidade que pode mudar em breve.

Segundo Serafin, a ideia é de fazer uma parceria entre ACIVA, Prefeitura e Câmara de Vereadores, para viabilizar o Sebrae na Cidade das Avenidas.

“O objetivo é o de juntar forças e facilitar a vida do empresário. O Sebrae tem um programa onde ele consegue otimizar o tempo para abrir uma empresa e queremos trazer este serviço para Araranguá”, ressaltou.


Próximo passos

O secretário explicou que uma nova reunião deve ocorre em 17 dias, para trazer a mesa informações pertinentes relacionados ao Parque Industrial e sobre como vai funcionar a parceria entre o Poder Público e a Associação Comercial no caso do Sebrae.

“Ficou pré-definida duas reuniões, uma a respeito do Parque Industrial, onde devo trazer informações mais contundentes a respeito dos imóveis, e até a possibilidade de expandir essa área, para que assim possa trabalhar na confecção do edital em si, e estar lançando nos próximos 30, no máximo 60 dias”, detalhou Francisco.

Fonte: Felipe Balthazar