Um grupo de 153 criadores de gado de corte e de leite de Maracajá começaram a receber, nesta quarta-feira (21), um total de 62,5 toneladas entre fertilizantes e sementes de pastagem de inverno. Os insumos consumiram mais de R$ 100 mil, em uma iniciativa inédita na administração municipal de Maracajá. Ao todo foram, 300 sacas de sementes de aveia e 223 de azevém, 450 sacas de uréia e igual quantidade de adubo, informa o diretor do Departamento de Agricultura, Luiz Martinello, o Neguinho.

Os recursos são oriundo de emenda parlamentar do ex-deputado Edinho Bez, viabilizada por procedimentos da equipe do Departamento de Planejamento da Prefeitura de Maracajá. O processso de concorrência pública para adquirir os produtos, os critérios estabelecidos para atender os produtores rurais e a forma da distribuição foram acompanhadas por Luiz Ernesto Morales e Erion Ribeiro, servidores do Ministério da Agricultura.

“Em todas as etapas do processo a administração municipal demonstrou eficiência e, sobretudo, transparência”, resumiu Morales, ao se manifestar aos produtores rurais e autoridades municipais que se concentraram em frente à Casa do Agricultor, na tarde desta quarta-feira. Os proprietários de até dez cabeças de gado receberam seis sacas dos produtos e os com maior rebanho, nove sacas.

“É uma novidade importante, que ajuda em muito e representa economia e redução de custos de produção, fatores importantes nesta atividade cada vez mais competitiva”, definiu Nivaldo Costa, da localidade de Espigão da Toca, que mantém um rebanho com cerca de 25 cabeças. Ronaldo Medeiros, da localidade de Garajuva, tem menos de dez cabeças e, na sua avaliação, a distribuição tem, também, importância pela demonstração de apoio à atividade econômica, sempre desenvolvida com dificuldades.

O prefeito de Maracajá, Arlindo Rocha, disse aos produtores rurais que “é preciso continuar olhando para o futuro e desenvolvendo ações para melhorar a qualidade de vida das famílias agricultoras, agregar valor as produções e estamos sempre à disposição para contribuir; unidos podemos conquistar muito mais, especialmente na aquisição de insumos e comercialização da produção a partir da organização dos agricultores”.

Participaram do ato o presidente da Câmara Municipal, Geraldo Leandro e os vereadores Valmir Pedro e Maria Lúcia, o gerente regional da Epagri Reginaldo Ghellere, técnicos do escritório local da Epagri, parceria no projeto, além dos servidores do Ministério da Agricultura e produtores rurais beneficiados.